Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

És a Poesia

 

És o princípio da minha Poesia.

Mesmo o teu corpo o descreveu.

Saiu de mim porque ele vivia,

Corpo de Poesia que deu e recebeu.

Pensei escrever um pouco,

Em qualquer parte de ti.

Pensaste que eu era louco!

Mas aprendeste a gostar de mim.

Deixei Poesias no teu Coração,

Algumas dessas palavras eu beijava!

Poemas que soavam como uma canção,

Que ouvíamos e nos deliciava.

Dos teus poros saíam essas prosas,

Que tentei em mim organizar.

Ofereço-te um milhão de Rosas!

Para essa poesia eu poder Amar.

Deixa-me novamente eu te ter,

E nos meus braços te enlaçar.

Dentro de ti vive o meu viver!

Mulher Poesia, és o meu Mar!

Leio o teu corpo todos os dias,

Esses versos que serão sempre meus.

Escrevo para ti lindas Poesias,

Porque um dia todos eles serão teus…

 

 

X