Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Coração Notre Dame

 

Se não tens o coração Notre Dame por mim,

lanço-lhe chamas vermelhas dos meus confins,

lavaredas de entontecer,

ao fim da tarde, ao escurecer,

para destruir a indiferença,

para acreditar, enfim!

 

Se não tens um coração Notre Dame em ti,

arrasto-te à Torre mais alta, levo-te ao Altar

e, do meu todo, esbanjo jatos de perfume de jasmim,

para que te embriagues, embriagues,

Até que me digas sim!

 

Se, enfim!, tens o coração Notre Dame por mim!

faço dos meus olhos, esmeraldas,

de verdes sonhos, grinaldas;

prendo-o com longas lianas, de doçura tamanha.

E, por fim, arrecadá-lo-ei em mim,

envolto em tecido de cetim.

 

Como és a Notre Dame de mim,

sem o fogo da tua alma,

não a quero, nem branca nem calma

mas a vibrar

e o meu mim a colmatar

alicerces a desmoronar.

 

Se tivesses o coração Notre Dame por mim,

farias trampolim de ti a mim

e do chão patamar, de uma vida por inventar.

Dar-me-ias, todos os dias,

chamas Notre Dame a mim.

Se o teu coração Notre Dame é só de mim,

ficarás, aconchegado, crucificado,

toda a vida, no meu jardim.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 10 Votos
7.1
X