Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O respeito

 

Nasci descalça,

Mas a sonhar

Igualdade

Liberdade

Pairavam no ar!

 

Não, a sonhar, não:

Eu vi cravos!

E a multidão.

Unidade

Fraternidade

Mão na mão!

 

Continuei descalça,

Sempre a sonhar

A olhar para o próximo

Antes de olhar para mim só.

 

Cresci,

E os meus pés escondi.

Mas com o olhar nos outros,

Para avançar,

Sem tropeçar.

 

Adulta, vi:

Cinismo

Individualismo;

Arrogância

Ganância;

Incivilidade

Imoralidade;

Provocação

A tomar posse da razão!

 

Eu,

Não sou nada

Sem ti

E tu,

Não és nada

Sem mim:

 

Respeito,

Que de ti é feito?

LusoJornal Artigos

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 8 Votos
8.5
X