Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Comunidade

 

Uma mulher foi detida esta manhã pela GNR, em Vila Nova de Santo André, Santiago do Cacém (Setúbal), por ter utilizado “uma arma branca” no alegado homicídio do filho, um menino de um ano e meio, revelou fonte da GNR.

Segundo a mesma fonte contactada pela Lusa, a suspeita, de nacionalidade brasileira, terá “entre 20 e 25 anos”.

A mulher, suspeita de matar o filho na habitação onde residiam no Bairro do Pinhal, na cidade de Vila Nova de Santo André, “usou uma arma branca”, firmou a fonte da GNR.

O alerta foi dado cerca das 06h00 pelo pai da criança, que se encontra a residir em França, através do posto da GNR de Santo André e da linha 112.

Os militares da Guarda deslocaram-se ao local e, já no interior da residência, verificaram se havia ou não mais alguém em casa e procederam à detenção da mulher, às 06h15, a qual foi levada para o posto territorial.

Anteriormente, uma fonte da GNR já tinha dito à Lusa que a força de segurança foi alertada pelo pai da criança, depois de este ter sido contactado pela mãe para o informar da morte do menino.

Uma equipa da Polícia Judiciária já tomou conta do caso e encontra-se no local a proceder a averiguações.

 

Donativos LusoJornal
X