Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Parte da medalha de ouro dos 50 km marcha masculinos nos Campeonatos do Mundo de atletismo, em Londres, é portuguesa, disse o francês Yohann Diniz, que tem ascendência portuguesa.

“Estou feliz por oferecer este título à França, mas também um pouco à minha família em Portugal, que me observa em Mirandela”, revelou no final da prova.

Tricampeão europeu, em 2006, 2010 e 2014, e detentor do recorde do mundo, com 3:32.33, Yohann Diniz sagrou-se pela primeira vez Campeão mundial, com o tempo de 3:33.11 horas, novo recorde dos Campeonatos.

Diniz, que é neto de um português, contou que recebeu uma mensagem de familiares que vivem em Trás-os-Montes. “Também lhes quero dedicar esta vitória”, declarou, que considerou este um “bom dia para França e Portugal” graças à vitória de Inês Henriques nos 50 km femininos. “Fico muito contente pela Inês, por ter conquistado o primeiro título de 50 km femininos”, afirmou.

A portuguesa Inês Henriques conquistou hoje a medalha de ouro nos 50 quilómetros marcha dos Mundiais de atletismo, que decorrem em Londres, juntando ao troféu o novo recorde do mundo, de 4:05.56 horas.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
6.8
X