Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Nacer Chadli, médio de 28 anos, é internacional belga mas tem origens marroquinas – aliás o atleta chegou mesmo a vestir a camisola de Marrocos, num jogo amigável, antes de optar pela Bélgica.

Em declarações ao LusoJornal, Nacer Chadli, que está a representar os belgas no Mundial, admitiu que vai estar atento aos jogos que Marrocos vai disputar.

 

Tem origens marroquinas, vai torcer por Marrocos?

Vou estar atento aos resultados de Marrocos. Primeiro apoio o país que represento, a Bélgica, mas a seguir à Bélgica, apoio Marrocos. Tenho de apoiar os marroquinos, é normal visto que tenho origens marroquinas. Acho que Marrocos tem uma excelente equipa, uma seleção que pratica um futebol atrativo. Os adeptos estão sempre a apoiar a Seleção e esse apoio é muito importante para os jogadores.

 

Que análise pode fazer de Portugal, que defrontou num jogo amigável a 2 de junho em Bruxelas?

Portugal é uma equipa bem organizada, que nos causou algumas dificuldades quando jogamos contra ela. Contra nós foi um encontro equilibrado e importante para nós porque queríamos defrontar uma equipa com qualidade, e nada melhor que o Campeão da Europa.

 

Quanto ao jogo, quem poderá vencer?

É complicado dizer que uma seleção é mais forte do que outra. Os dois países vão ter oportunidades no jogo entre elas. Mas acho que este jogo não vai ser decisivo para alcançar o apuramento. O essencial para as duas equipas será acreditar que podem alcançar um bom resultado e estarem bem organizadas. O jogo entre Portugal e Marrocos vai ser decidido nos detalhes, porque não vejo uma grande diferença entre eles.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.8
X