Nathalie de Oliveira escolhida pelo LusoJornal para “Personalidade política do ano”

Comunidade

 

A lusodescendente Nathalie de Oliveira foi escolhida pela redação do LusoJornal como «Personalidade política do ano» 2022.

Nascida em França de pais emigrantes, a escolha foi influenciada pela sua eleição para a Assembleia da República portuguesa, depois de ter sido várias vezes candidata às eleições legislativas francesas e de ter sido eleita, durante um mandato, Maire-Adjointe de Metz, cidade onde reside.

A eleição de Nathalie de Oliveira reveste-se pois de um significado particular por ter sido a primeira lusodescendente nascida em França a ser eleita para o Parlamento português.

A eleição teve a particularidade de ter sido repetida e do Partido Socialista ter conseguido eleger os dois Deputados pelo círculo eleitoral da Europa, não deixando nenhum Deputado para os outros partidos. Nathalie de Oliveira queria encabeçar a lista, mas o Partido preferiu recandidatar Paulo Pisco, deixando a Nathalie de Oliveira a segunda posição.

Nathalie de Oliveira é pois considerada pela redação do LusoJornal como um exemplo de militância e de persistência, mas é também a ilustração de uma dupla pertença cultural e de uma dupla militância política, nos dois países.

Antes de ser eleita para a Assembleia da República, Nathalie de Oliveira era colaboradora do LusoJornal, jornal que apoia há muitos anos.

Este foi também o ano em que foram eleitos para a Assembleia Nacional francesa os lusodescendentes Christine Pires Beaune (agora também Presidente do Grupo de Amizade França-Portugal), Ludovic Mendes, Dominique da Silva e Emmanuel Fernandes.

Politicamente, este foi um ano intenso para o LusoJornal com eleições Presidenciais em França e Legislativas nos dois países.

 

Donativos LusoJornal