Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

Nathalie de Oliveira, antiga Maire Adjointe de Metz, membro da Comissão Política do Partido Socialista francês, integra desde ontem a Comissão Política Nacional das Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos.

Nathalie de Oliveira já participou ontem na reunião deste órgão do Partido Socialista português, como “membro inerente sem direito a voto”, na qualidade de representante das Comunidades portuguesas.

“É uma decisão histórica que merece ser saudada. É a primeira vez que acontece” diz Nathalie de Oliveira ao LusoJornal. “Convidar e integrar de forma inerente (membre de droit) uma mulher das Comunidades que represente todas as mulheres socialistas nas Comunidades, as suas lutas travadas no passado como as de hoje e as do porvir pela igualdade de direitos efetiva, é um gesto político de grande reconhecimento. É uma prova suplementar da importância do compromisso das mulheres socialistas nas Comunidades que lutam por uma sociedade mais justa na qual possam usufruir da igualdade de oportunidades”.

A “Mulheres Socialistas – Igualdade e Direitos”, tem como objetivo promover uma efetiva igualdade de direitos entre as mulheres e os homens, bem como a participação paritária em todos os domínios da vida política, económica, cultural e social bem como a sua intervenção na atividade do Partido” dizem os estatutos daquela instituição presidida pela Deputada Elza Pais, antiga Secretária de Estado da Igualdade.

“Para mim, é uma honra e uma responsabilidade que me deixaram muito sentida. Agradeço a confiança das camaradas, em particular, a confiança da Elza Pais, na liderança da DNMS. O PS sempre pode contar comigo” confirma Nathalie de Oliveira ao LusoJornal. “Contamos com o PS para concretizar os maiores progressos na conquista de igualdade de direitos numa sociedade ainda muito desigual, a funcionar contraditoriamente contra a emancipação das mulheres”.

 

Política

 

X