Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Nova Direção do Portugal Business Club de Lyon quer comunicar mais

LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos

Na sexta-feira, dia 14 de fevereiro, a associação Portugal Business Club de Lyon (PBC) organizou o seu habitual jantar mensal no barco restaurante Belladona, acostado nas margens do rio Rhône.

Foi ainda no decorrer deste almoço que o Presidente Gil Martins apresentou o balanço final das contas do ano 2019 aos sócios e convidados deste dia. Estava já prevista também a apresentação da nova equipa de Direção que tinha sido eleita antecipadamente.

“Hoje termino aqui o meu mandato, tendo sucedido a Cláudio Pinto, e agora é Philippe Carvalho que me sucede na Presidência do PBC por dois anos”. A equipa de Philippe Carvalho integra ainda Paulo Pereira (vice-Presidente), Emília da Silva (Secretária) e Jacinto Torres Guimarães (Tesoureiro), mas no Conselho de administração está ainda Emanuel Pinto, Cláudio Pinto e César Pereira.

Philippe Carvalho, o novo Presidente, tomou a palavra e apresentou os objetivos do PBC para o ano 2020. Anunciou que vai ajudar a criação dos PBC de Clermont-Ferrand e de Oyonnax em 2020 e o de Grenoble em 2021. Na continuidade estará a “excelente relação” com o PBC de St Etienne.

“Também está previsto aumentarmos o número dos nossos sócios, a sua participação aos nossos almoços, e de facilitarmos a adesão. Queremos também fazer um grande esforço de comunicação do PBC e melhorarmos a nossa imagem federadora para o futuro” explica Philippe Carvalho. “Queremos também reativar as nossas páginas nas redes sociais e site internet, para atualizarmos a nossa imagem e o texto das nossas atividades”.

O Portugal Business Club de Lyon vai manter a frequência dos almoços – na segunda sexta-feira de cada mês. “Mas talvez vamos mudar de restaurante, após estudo de conveniências de todos os sócios”.

Philippe Carvalho anuncia ainda que “com Portugal, certamente que renovaremos a relação com a Câmara de comércio do Porto e Lisboa, e com a sociedade Aderly para a promoção da região de Lyon e prevemos conferências com temas económicos entre Lyon e Porto”.

Ainda neste dia, a tradutora e intérprete Arminda Sobral, fundadora do Lusoword, que trabalha na região de Lyon, mostrou a sua satisfação em ser sócia do PBC “desde há vários anos e vou continuar” declarou ao LusoJornal.

Neste encontro estava também presente o Cônsul Geral de Portugal em Lyon, Luís Brito Câmara, que felicitou Gil Martins pelo seu trabalho no PBC e Philippe Carvalho pela sua nomeação à sua presidência da associação.

 

LusoJornal Artigos
X