Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O romance “O Espião Israelita” (título original “A long night in Paris”), do escritor Dov Alfon, radicado em Paris, numa tradução de Elsa T. Vieira, chega às livrarias portuguesas pela chancela da Lua de Papel do grupo Leya.

O ‘thriller’ “mais vendido em Israel nos últimos anos”, da autoria de um ex-espião do Estado judaico, foi distinguido, em outubro do ano passado, com o prémio da Crime Writers Association International Dagger.

A obra “está a ser adaptada para uma série de televisão, pela produtora Keshet International”, adianta a chancela do Grupo LeYa, que garante ter Dov Alfon posto no papel tudo o que aprendera nos serviços de segurança israelita. A Lua de Papel define a obra como um “romance brutalmente realista” que “revela o verdadeiro mundo da espionagem atual”.

Dov Alfon dirigiu o jornal Haaretz e serviu na Unidade 8200, das Forças de Defesa de Israel. Alfon reside em Paris e é Presidente executivo da Storyvid.io, uma organização sem fins lucrativos, que fundou juntamente com o escritor Etgar Keret, com o objetivo de aproximar a literatura dos novos media.

 

Cultura
X