Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Opinião

 

Rui Rio, Presidente do PSD, lembrou-se que nas Comunidades talvez ainda houvesse qualquer coisa para ganhar e disfarçar – como se fosse possível – a “esfrega” do 30 de janeiro.

Até essa data já se via “en haut de l’afiche”, ao ponto de pedir a António Costa, então seu rival, para perder com dignidade. Mas nestas coisas quando mete eleitores, por vezes as contas saem furadas, no passado dia 30 saíram-lhe completamente esfarrapadas!

Disse que a campanha foi curta, não deu para ir às ilhas nem às Comunidades… quem não tem cão caça como gato, – de gatos percebe o Dr. Rui Rio – mas nem assim.

Mas atenção, ainda faltavam os votos da segunda divisão (em Portugal para muitos as Comunidades ainda são a segunda divisão da Nação), talvez haja maneira de ser campeão da segunda divisão. Normalmente na Europa os emigrantes elegem um Deputado do PS e outro do PSD, mesmo se o do PSD tem ultimamente sido à tangente.

Este ano os resultados no continente tornaram o assunto preocupante para o PSD.

No entanto não deveria haver problemas como nas anteriores eleições onde foram invalidados 30.000 boletins por falta e cópia do Cartão de Cidadão.

Como a Assembleia da República não teve tempo (?) de retificar a lei, todos os partidos encontraram uma solução paliativa. Reuniram-se, e decidiram que deveriam ser aceites todos os boletins, com ou sem a dita cópia já que o essencial é votar. Quanto a mim solução pouco aceitável, mas que foi unanimemente aceite!

“O barco encalhou a meio do rio” (com r minúsculo), o PSD lembrou-se que estava mal e rompeu o acordo!

Será que estava com receio de perder por dois a zero e nem ganhar na segunda divisão?

O Tribunal Constitucional mandou repetir as eleições na Europa.

A jogada agora é dos Portugueses da Europa que formam uma grande equipa que já devia alinhar na primeira divisão há muito tempo, com muito mais que dois representantes.

Quem será que vai voltar a ter a sorte de empatar um a um nos prolongamentos? Ou nem isso?

Eu cá tenho uma ideia…

 

Aurélio Pinto

Antigo Secretário Coordenador da Secção do PS/Paris

 

Donativos LusoJornal
X