Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

Acaba de ser editado o novo Dicionário Jurídico Francês-Português da autoria de Óscar Lopes, Técnico superior da Missão Permanente de Portugal junto do Conselho da Europa, em Strasbourg, e que já tinha editado, há quase 10 anos, o Dicionário jurídico Português-Francês.

“Há cerca de vinte anos, decidimos levar a cabo um trabalho de grande fôlego, que acabaria, felizmente, por se revelar gratificante – a edição do Dicionário Jurídico Português-Francês, dado à estampa pela Almedina (Portugal), em 2009, e já com uma 3ª edição (2019), mais alargada e atualizada” escreve Óscar Lopes na introdução do dicionário que está em venda em versão papel e em versão eBook na Amazon.

“O bom acolhimento deste projeto, entretanto, tornou patente a necessidade de avançar para uma edição francês-português, que agora vem a lume” diz Óscar Lopes. “Resta-nos esperar que esta obra, fruto de um longo e minucioso labor, encetado em 2010, possa ir ao encontro das muitas e variadas pretensões e, uma vez mais, obter o êxito da versão anterior”.

O prefácio da obra é do ex-Presidente du Supremo Tribunal de Justiça, António Henriques Gaspar.

“A construção do Dicionário Jurídico Francês-Português, que inclui vocábulo das áreas da política, economia e finanças, de Óscar Manuel Aires Lopes – em fecho do projeto iniciado com o Dicionário Jurídico Português-Francês – constitui um trabalho de elevado mérito e a todos os títulos notável” escreve no prefácio António Henriques Gaspar. “A completude das referências e do manancial de informação, no rigor da tradução, no desenvolvimento contextualizado das noções e conceitos com suplemento de informação ampliada com o auxílio do exemplo de textos apropriados, faz do Dicionário uma obra de extraordinário mérito e da maior utilidade para a compreensão da dimensão jurídica na vida do dia-a-dia e das relações pessoais e sociais, na economia e nos negócios, ou na advocacia e nos tribunais”.

E o ex-Presidente du Supremo Tribunal de Justiça termina o prefácio, dizendo que “ficamos devedores ao autor da dádiva deste trabalho”.

 

Formato em papel:

www.amazon.fr/dp/B08RC5RG7N

 

Formato eBook:

https://www.amazon.fr/dp/B08RC9ZCX9

 

Cultura
X