Paulo Marques homenageado pelo Senado e pela Assembleia Nacional francesa

Comunidade

 

O Presidente da Cívica, a associação de autarcas de origem Portuguesa em França, Paulo Marques, foi duplamente agraciado pela Assembleia Nacional francesa e pelo Senado francês.

As referências tiveram lugar durante o Congresso anual da Cívica, que este ano regressou ao Senado, no mês de novembro, e Paulo Marques, que também é autarca de Aulnay-sous-Bois (93), foi surpreendido com duas interrupções do programa do Congresso para uma homenagem que o deixou “sem voz”.

Foi na segunda parte dos trabalhos, depois do almoço, no Senado, que o Deputado Ludovic Mendes, antes de participar num painel com a Deputada Nathalie de Oliveira, pediu a palavra e disse: “depois de todos estes anos a dar, é tempo que tu aprendas também a receber. Enquanto parlamentar, tenho o privilégio de trazer um reconhecimento do trabalho que é feito de forma individual pela iniciativa de cidadania ou pública através da tua implicação associativa” disse aquele que também é Presidente do Grupo de Amizade França-Portugal. “Hoje tenho a honra de te entregar a Medalha de Bronze da Assembleia Nacional pela tua implicação na Cívica e na Mairie d’Aulnay-sous-Bois há várias décadas”.

Um pouco mais tarde, a terceira figura do Estado francês, o Presidente do Senado, Gérard Larcher usou da palavra e antes do discurso informou os Congressistas que o Senador do Val de Marne, Laurent Lafon iria usar da palavra. O Senador anunciou que iria entregar “a quatro mãos”, com o Presidente Gérard Larcher, a Medalha do Senado para agradecer Paulo Marques pelos 22 anos de dedicação à associação Cívica.

Paulo Marques disse ser “uma honra e uma felicidade de receber estas homenagens. Totalmente desprevenido fiquei sem palavras no momento, mas agradeço a amabilidade que todos tiveram com a minha pessoa”.

Finalmente, já no fim do Congresso em que participaram dezenas de autarcas franceses de origem portuguesa, a autarca da cidade de Plaisir, Sandrine Carneiro, usou da palavra em nome dos membros da associação Cívica, que se juntaram para ofereceu uma estadia de férias “para que o casal Marques possa ter um momento de repouso”.

 

Donativos LusoJornal