DR

Pedro Rupio diz que Linda de Suza contribuiu para a emancipação dos Portugueses em França

Comunidade

 

O Presidente do Conselho Regional das Comunidades Portuguesas na Europa (CRCPE) enalteceu o papel da cantora Linda de Suza, que morreu hoje aos 74 anos, na emancipação da Comunidade portuguesa em França, que na altura enfrentava condições muito mais adversas.

Em declarações à Lusa, Pedro Rupio disse conhecer a importância da cantora, cuja “mala de cartão” simboliza a emigração “a salto” nos anos 60 e 70 do século passado, que teve sucesso num país onde muitos portugueses viviam em condições extremamente difíceis, nomeadamente nos famosos ‘bidonville’ (bairros de lata).

“Se há uma coisa que nunca mais se viu e que existia no tempo em que Linda de Suza emigrou para França foram os ‘bidonvilles’. É uma grande diferença”, observou.

Referindo-se à emigração a que Linda de Suza acabou por dar o rosto, Pedro Rupio indicou que os anos 60 e 70 do século XX tinham pouca emigração qualificada, ao contrário dos dias de hoje.

Contudo, o Presidente do CRCPE sublinha: “Ainda assim, em muitos países da Europa continua a assistir-se à chegada de Portugueses pouco qualificados e que enfrentam várias precariedades nos primeiros tempos nos países de acolhimento”.

Pedro Rupio reconhece a importância de figuras como Linda de Suza, com sucesso no país de acolhimento, e que ajudam a matar as saudades do país de origem.

 

Donativos LusoJornal