Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Portugal vai ser o país convidado do MaMA Festival & Convention 2019, a decorrer em Paris, em data ainda por divulgar.

Segundo comunicado do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, o convite a Portugal surge na sequência de contactos realizados pelo músico João Gil, enquanto coordenador da estrutura de missão para o projeto Meridiano, que prepara a Estratégia Portugal Muito Maior dedicada à música portuguesa.

Para João Gil, citado no mesmo comunicado, esta será “mais uma oportunidade para valorizar a música portuguesa, num ambiente carregado de oportunidades”.

Em 2018, o MaMA Festival & Convention realizou-se em outubro e reuniu mais de 5.600 profissionais do setor, organizou cerca de 150 concertos, 15 receções, 140 painéis, debates e encontros internacionais.

O festival e convenção de música, fundado pelo português Fernando Ladeiro-Marques, tem contado, nos últimos anos, com a participação de músicos e empresas nacionais: Sean Riley, Moullinex e Whales estiverem presentes este ano, enquanto, em 2017, foi a vez de White Haus, Stone Dead, Surma e Selma Uamusse, para além de 25 empresas portuguesas.

Os painéis e ateliês reúnem centenas de oradores que tratam de temas desde direitos de autor, marketing, mercados internacionais, políticas culturais, entre outros.

O evento inclui iniciativas que promovem a interação entre atores relevantes do setor, com o objetivo fomentar a aprendizagem mútua e a partilha de soluções inovadoras.

Os concertos são protagonizados por artistas de todo o mundo, que têm assim a oportunidade de atuarem perante um público diverso e internacional.

A estrutura de missão para o projeto Meridiano, que integra, entre outros organismos, o Camões, foi criada através de uma resolução do Conselho de Ministros, na dependência do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.8
X