Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O futebol francês está parado, após a 19ª e última jornada da primeira fase do Campeonato francês da primeira divisão francesa, a Ligue 1, por causa da época natalícia. O Paris Saint Germain continua na liderança, enquanto o Lille, que conta com o avançado português Rafael Leão, segue no segundo lugar. Balanço e perspetivas com o atleta luso.

Em entrevista ao LusoJornal, Rafael Leão (na direita na foto), avançado português do Lille, admitiu que espera ter um ano de 2019 repleto de triunfos, a nível coletivo e a nível pessoal, afirmando que o clube fez uma boa primeira fase do campeonato. Recorde-se que na 19ª jornada o Lille perdeu em casa por 1-2 frente ao Toulouse, sendo que Rafael Leão marcou o único tento da sua equipa.

 

Que balanço podemos fazer da primeira volta do Campeonato?

Nós começámos muito bem. Tivemos alguns percalços, mas sempre mantivemos a nossa posição, sempre tentamos fazer bons resultados e fizemos bons resultados. Acho que fizemos uma boa primeira volta e temos de voltar muito fortes para entrar na segunda volta com um triunfo.

 

Três golos apontados, dois seguidos, está numa boa fase?

Sim porque tenho um grande Treinador, que me incentiva, diz-me as coisas certas, tenta ajudar-me, tenta puxar por mim e eu tento corresponder dentro do campo, tento esforçar-me. Agora é um patamar diferente, no qual não estava supostamente habituado, com um campeonato muito difícil, um Campeonato muito duro. Isto tudo é possível com a ajuda de todos, particularmente do Fonte e do Rémy, que me apoiam muito fora do campo. Tenho que agradecer todas essas pessoas, bem como o staff técnico do Lille que estão aqui e que me ajudam para que possa corresponder dentro do campo.

 

No último jogo de 2018, foi uma derrota frente ao Toulouse por 1-2…

Fica um sabor amargo porque já não ganhamos em casa há muito tempo. Tínhamos o resultado segurado, a vencer por 1-0, em casa, mas também sabíamos que o 1-0 é sempre um resultado arriscado. Então claro a derrota sabe-nos a pouco porque estávamos a ganhar em casa, e precisávamos de arrecadar mais três pontos para entrarmos mais tranquilos na segunda volta.

 

A arbitragem foi duvidosa nesse último jogo?

Eu acho que o vídeo-árbitro veio ajudar um bocado os árbitros, mas para muito o jogo, os jogadores ficam desconcentrados. Mas o sistema foi feito assim e temos de respeitar as decisões dos árbitros.

 

O que espera para 2019?

Espero vitórias no próximo ano, espero muita coisa boa, coisas que não consegui em 2018, que consiga em 2019. E claro que seja um bom ano individualmente.

 

De notar que o Lille tem sido uma surpresa, ocupando o segundo lugar na tabela classificativa, visto que na temporada passada, pela mesma altura, ocupava o 18° lugar com apenas 19 pontos.

Na próxima jornada, a 12 de janeiro, o Lille desloca-se ao terreno do Caen pelas 20h00, enquanto o Paris Saint Germain desloca-se ao terreno do Amiens pelas 17h00.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
9.1
X