Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Comunidade

 

A Marinha portuguesa resgatou ontem de madrugada dois tripulantes de um veleiro com bandeira francesa que se encontrava à deriva devido a “várias anomalias”, ao largo da ilha do Faial.

De acordo com o comunicado da Marinha, através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), em articulação com a Autoridade Marítima Nacional (AMN), foi “coordenada a assistência a dois tripulantes, que se encontravam a bordo do veleiro ‘Zambla’, com bandeira francesa, esta madrugada, à 01:05, dia 13 de junho”.

A Marinha adianta que a embarcação encontrava-se ao largo da ilha do Faial, a 3,5 milhas náuticas, o equivalente a cerca de de seis quilómetros, a sudeste do porto da Horta, e “estava à deriva devido a várias anomalias”.

“O capitão do porto da Horta assumiu a ação no local, enviando elementos da Estação Salva-vidas da Horta para junto da embarcação. O veleiro foi rebocado, por questões de segurança da navegação, tendo atracado, às 03:47, na Marina da Horta, com os dois tripulantes”, conclui a Marinha.

 

Donativos LusoJornal
X