Roberto Martínez é o novo Selecionador da equipa portuguesa de futebol

Desporto

 

O Treinador espanhol Roberto Martínez vai suceder a Fernando Santos no comando da Seleção portuguesa de futebol, com um contrato válido até 2026, confirmou hoje à Lusa fonte ligada ao processo.

O Treinador espanhol, de 49 anos, deixou a Seleção da Bélgica depois do Mundial2022, disputado no Qatar, onde foi eliminada ainda na fase de grupos, terminando um percurso de mais de seis anos, desde agosto de 2016.

Roberto Martínez – o terceiro estrangeiro na Seleção lusa depois de Otto Glória e Luiz Felipe Scolari – vai ser apresentado ainda hoje, pelo Presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, em conferência de imprensa, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

O espanhol levou a Bélgica ao pódio no Campeonato do Mundo de 2018, ao qual chegou como líder do ranking da FIFA – comandou esta hierarquia entre 25 de outubro de 2018 e 10 de fevereiro de 2022. No Mundial disputado na Rússia, os ‘Diabos vermelhos’ foram eliminados nas meias-finais pela França, que viria a sagrar-se Campeã, tendo batido a Inglaterra no jogo de atribuição do terceiro lugar.

No Euro2020, disputado em 2021 devido à pandemia de Covid-19, a Seleção belga foi afastada nos quartos de final pela Itália, depois de ter eliminado Portugal nos oitavos de final, num jogo decidido com um golo de Thorgan Hazard.

Antes de chegar à Seleção belga, Roberto Martínez treinou Swansea, Wigan e Everton, em Inglaterra, e sucede na equipa das ‘Quinas’ a Fernando Santos, que deixou o cargo depois da eliminação de Portugal nos quartos de final do Mundial2022, frente a Marrocos (1-0).

Ao serviço do Swansea conquistou a League One, terceira divisão do futebol inglês, em 2007/08, e venceu a Taça de Inglaterra pelo Wigan, em 2012/13.

Fernando Santos, que liderava a Seleção portuguesa desde 2014, saiu em 15 de dezembro de 2022, depois de dar os dois primeiros troféus internacionais a nível sénior a Portugal, com a conquista do Euro2016 e da Liga das Nações de 2019.

 

Donativos LusoJornal