Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Desporto

 

 

O tenista português Pedro Sousa caiu ontem na terceira e última ronda da fase de qualificação de Roland Garros, ao perder com o australiano Jason Kubler em dois ‘sets’.

O lisboeta, de 33 anos, que entrou no ‘qualifying’ do segundo ‘Grand Slam’ da temporada com ‘ranking’ protegido, voltou a falhar o acesso ao quadro principal em Paris, depois de ontem ser derrotado pelo 161º tenista mundial, por 7-5 e 6-2, em uma hora e 19 minutos.

O 287º jogador da hierarquia ATP nunca disputou o quadro principal na ‘catedral da terra batida’, tendo sido eliminado também na terceira e última ronda da fase de qualificação em 2017 e 2012.

A representação portuguesa no quadro principal de singulares masculinos de Roland Garros fica assim a cargo de João Sousa, que teve entrada direta, e de Nuno Borges, que ontem venceu o húngaro Zsombor Piros com os parciais de 3-6, 6-2 e 6-1, na terceira e última ronda do ‘qualifying’ do ‘major’ parisiense.

Donativos LusoJornal

 

X