Rudi Garcia diz que quer fazer Ronaldo feliz no Al Nassr

Desporto

 

O Treinador do Al Nassr, o francês Rudi Garcia, assumiu ontem que o seu objetivo é fazer Cristiano Ronaldo feliz, assegurando que será fácil treinar o português no clube da Arábia Saudita.

“Ronaldo é um exemplo. O meu objetivo é fazê-lo feliz e que se sinta satisfeito por jogar no Al Nassr”, assumiu o Treinador francês.

Dizendo estar surpreendido por ter tantas pessoas na cerimónia de apresentação do português no Al Nassr, sem direito a perguntas dos jornalistas, Rudi Garcia disse que “Cristiano é um dos melhores jogadores do mundo, da história do futebol, é uma lenda”.

“É uma honra para mim e para o Al Nassr receber o Cristiano. Para a liga saudita e para a Arábia Saudita é fantástico ter Cristiano aqui”, referiu.

O Treinador gaulês considerou que, depois de já ter treinado muitos jogadores ao longo da carreira, “Cristiano será um dos mais fáceis, porque não há muito para ensinar”, querendo “aproveitar a sua experiência” para ganhar.

“Teremos tempo para falar, mas o mais importante está ali fora, é verde e é onde queremos ganhar”, concluiu.

Cristiano Ronaldo, de 37 anos, rumou ao futebol saudita, após ter rescindido contrato com os ingleses do Manchester United, que representou uma segunda vez em 2021/22 e 2022/23, após uma primeira passagem (2003/2009).

Antes de iniciar o Mundial2022, Ronaldo, que foi formado no Sporting e entre as duas passagens pelos ingleses representou Real Madrid (2009/2018) e Juventus (2018/2022), assumiu sentir-se “traído” e desrespeitado nos ‘red devils’, ao serviço dos quais marcou 145 golos em 346 jogos.

Com 194 jogos pela Seleção principal de Portugal, e 118 golos, junta-lhes 451 tentos pelo Real Madrid, em ‘apenas’ 438 encontros, e cinco pelo Sporting, em 31 jogos.

Atualmente orientado pelo francês Rudi Garcia, e com o brasileiro Talisca (ex-Benfica) e o camaronês Aboubakar (ex-FC Porto), o Al Nassr ocupa o primeiro lugar da Liga saudita, após 11 jornadas, com 26 pontos, mais um do que o Al Shabab, que tem menos um jogo.

O Al Nassr soma nove títulos de Campeão saudita, o último dos quais em 2018/19.

 

Donativos LusoJornal