Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Troyes, clube treinado pelo português Rui Almeida, joga neste sábado, dia 18 de agosto, frente ao Lens, numa deslocação ao Norte da França, num jogo a contar para a quarta jornada da segunda divisão francesa.

Neste momento o Troyes ocupa o 16° lugar com três pontos, isto após um triunfo na primeira jornada frente ao AC Ajaccio por 0-1, e duas derrotas caseiras frente ao Brest por 1-2 e ao Béziers por 0-1.

Enquanto o Lens tem nove pontos em três encontros, um percurso 100% vitorioso.

LusoJornal falou com Rui Almeida para analisar este início de temporada.

 

Até agora foi um triunfo e duas derrotas no Campeonato…

Estamos num processo de construção, mas também sabemos que este processo tem de ser solidificado por vitórias. Queremos rapidamente crescer com toda a gente. Aliás é um ciclo normal, saiu muita gente, entrou muita gente. De notar que todos aqueles que saíram foram para a primeira divisão. Os jogadores que chegaram tem de se adaptar e de se adaptar ao facto de jogar no Troyes. As dificuldades, que tem a equipa, são por causa da fase de construção em que a equipa está. Há muita coisa nova. Há que ter paciência. Frente ao Quevilly para a Taça da Liga foi apenas o nosso quarto jogo oficial. Tem de haver paciência para que a adaptação seja feita às nossas ideias.

 

Terceiro clube em França, diferente dos outros?

É um clube tranquilo no sentido que é responsável, estruturado, com uma dimensão familiar, mas com uma ambição grande, o que é interessante. Há todas as condições para trabalharmos e é isso que vamos fazer. Queremos juntar tudo, o ciclo novo, a chegada de novos jogadores, a chegada dos jovens jogadores, aproveitando a formação do clube que foi Campeã no ano passado, e solidificar isso tudo.

 

O triunfo na Taça da Liga por 1-2 frente ao Quevilly foi importante?

Os jogos com eliminação direta são para ganhar e ponto final. Era importante vencer este jogo porque vínhamos de duas derrotas no Campeonato.

 

Uma opinião sobre a equipa do Quevilly?

Uma equipa com bons valores individuais, bem organizada pelo Emmanuel da Costa, e muito competitiva. Parabéns ao Emmanuel e acho que vai fazer um ótimo Campeonato.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
8.8
X