LusoJornal | Mário Cantarinha

Sandra Helena, Christophe Malheiro e Marco Junior animaram espetáculo em Poissy

Cultura

 

A Associação LusoPoissy organizou, no passado dia 12 de novembro, um concerto com Sandra Helena, Christophe Malheiro e Marco Júnior, no Centre de Diffusion Artistique (CDA) em Poissy (78). O baile foi animado pelo grupo Fantasia.

“Durante estes dois anos de pandemia, aproveitei para fazer novas músicas, para descansar, para cozinhar e até para ganhar mais uns quilitos por comer tanto” sorriu Sandra Helena ao LusoJornal. “Mas já estava com muita vontade de subir novamente aos palcos, ainda bem que os espetáculos estão de regresso. Graças a Deus está tudo a correr bem”.

Também Christophe Malheiro mostrou-se “feliz” por voltar ao contacto com o público. “Durante estes dois anos não estive parado, fui fazendo ‘lives’ na net, continuei a escrever, modifiquei alguns temas, por isso nós estivemos sempre a trabalhar em off”, no entanto, confessa ao LusoJornal que “o que nos faltou mais foi o carinho do público e esta presença como hoje, este calor, é aquilo que nós precisamos”.

Sandra Helena gosta dos palcos, sente-se bem neste contacto com o público. “Eu agradeço muito ao público, aos fãs que me têm seguido. Eles estão sempre presentes com as novas músicas, sempre a apoiar e é sempre bom. É com muita emoção quando estou em cima do palco e vejo as pessoas a cantar as minhas canções. Eu sou muito sensível e isto dá-me muito mais coragem para eu continuar”.

“Quando o público canta as minhas canções, para mim é um grande orgulho. É a maior prenda que me podem fazer” acrescenta Christophe Malheiro.

O artista diz que, depois da acalmia, o trabalho tem regressado. “Graças a Deus tenho tido sempre trabalho” diz ao LusoJornal. “O carinho do público é o mais importante para mim, a música é o meu mundo, sem música não consigo viver”.

Também Marco Júnior adorou o concerto e foi muito aplaudido pelo público. O cantor já cantava em Portugal, onde tinha um grupo de baile, antes de vir para França em 1990. “Quando cheguei aqui comecei logo a cantar num grupo”, depois conheceu Sandra Helena e Dinis dos Santos e eles motivaram-no a gravar um primeiro álbum. “Foram eles que me deram a ideia de gravar”.

Marcos Júnior interpreta canções de outros cantores, mas também tem temas da sua própria autoria. Para Poissy, escolheu canções inéditas dos 6 álbuns que já gravou. “Apesar de há muitos anos andarmos nisto, há muita gente que me conhece, canta as minhas canções e fico sempre muito contente”.

As salas “já não enchem tanto como primeiro”, mas mesmo assim, o público acorreu em grande número a este espetáculo da associação LusoPoissy. “Não posso pedir melhor, está tudo a correr bem, estou muito feliz com o que se está a passar na minha vida. É verdade que já tenho uma certa idade, mas a música está em mim, nunca vai parar, só mesmo quando morrer” diz Marco Júnior.

Os três artistas, Sandra Helena, Christophe Malheiro e Marco Júnior, integram a Red Records. “Para além de sermos colegas de trabalho, somos também amigos. Temos uma cumplicidade muito grande” confirma Christophe Malheiro.

Marco Júnior vai proximamente cantar em Londres, onde aliás já cantou várias vezes, e esteve recentemente num programa da SIC. Sandra Helena também cantou recentemente no programa “Preço Certo” da RTP – “eu gosto muito desse programa, que é muito visto pela emigração” – mas também tem participado várias vezes em programas da TVI e da SIC.

 

Donativos LusoJornal