Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Sardinhada portuguesa numa praia de Frontignan

LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio

No domingo passado, dia 7 de julho, como tem vindo a acontecer todos os anos, a associação APCF – Rancho Lembranças de Portugal, de Frontignan, no Hérault, organizou a sua Sardinhada numa das praias da cidade.

Logo de manhã cedo, os voluntários da associação juntaram-se na Praia des Mouettes para preparar esta jornada que já é um marco importante antes das férias de verão. Instalaram os assadores, as mesas e tudo o que era necessário para dar início à Sardinhada.

Apesar do calor intenso que se fez sentir logo de manhã, tudo estava preparado a tempo para assar 250 quilos de sardinhas, mas também salsichas para quem não gostava de peixe. Prepararam-se ainda alguns quilos de batatas, tomates, pepinos e todos os ingredientes para acompanhar as sardinhas.

Os participantes vieram em família e entre amigos. Chegaram cedo para aproveitar a praia e o mar, mas também para guardar lugar à sombra de uma enorme tenda. Todos passaram momentos de convívio até que às 13h00 as filas começaram a formar-se em direção das cozinhas onde a refeição ia começar a ser servida.

Foi uma agradável jornada de convívio, entre Franceses e Portugueses, à volta de uma sardinhada.

Isabel Fiúza, a Presidente da associação confessou ao LusoJornal que, embora cansada, “valeu a pena ver toda esta gente junta” e prometeu mais festas para depois das férias. Por enquanto, foi desejando boas férias a todos.

 

LusoJornal Artigos

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
9.8
X