Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Desporto

 

A Seleção portuguesa feminina de futebol goleou ontem o Haiti por 5-0, no primeiro encontro de preparação para o ‘play-off’ intercontinental de acesso ao Mundial2023, na Cova da Piedade, onde Jéssica Silva se destacou com três assistências.

A avançada do Benfica ofereceu de ‘bandeja’ os golos de Vanessa Marques (33 e 41 min) e Tatiana Pinto (79 min), e ‘roubou’ o protagonismo à médio bracarense, que, além do ‘bis’, conquistou e falhou uma grande penalidade (57 min), desperdiçando a possibilidade de consumar o ‘hat-trick’.

Pelo meio, Sílvia Rebelo (66 min) marcou menos de um minuto após entrar em campo e, depois, Kika Nazareth (84 min) consumou a goleada frente às caribenhas, que viajaram até à Cova da Piedade para ‘representar’ o papel dos Camarões, que Portugal pode defrontar no ‘play-off’, em 22 de fevereiro de 2023.

O único aspeto negativo para o Selecionador luso, Francisco Neto, foi a lesão de Diana Silva, que, muito queixosa, deu o lugar a Andreia Faria, logo aos 13 minutos. Carolina Mendes avançou no terreno para formar a dupla de ataque com Jéssica Silva, que iniciou o ‘recital’ 20 minutos depois.

Primeiro (33 min), sobre o lado direito, aproveitou um erro de Kethna Louis para fazer um passe atrasado para Vanessa Marques inaugurar o marcador, e, depois (41 min), isolou-se sobre a esquerda, ultrapassou a guarda-redes visitante e, com o ângulo apertado, preferiu oferecer o segundo a Vanessa.

Já depois de a jogadora do Sporting de Braga desperdiçar a grande penalidade, permitindo a defesa à guarda-redes do Haiti, e de Sílvia Rebelo (66 min) aproveitar uma confusão na grande área para empurrar a bola para as redes, Jéssica voltou a fazer ‘gato-sapato’ da defesa haitiana e ofereceu o 4-0 a Tatiana Pinto (79 min), que só teve de empurrar.

O Haiti teve os seus momentos num remate de longe de Roselord Borgella (69 min), que Rute Costa defendeu para a trave, e num falhanço de Nerilia Mondesir (70 min), que errou o desvio na pequena área, com a guarda-redes portuguesa batida, mas foi Portugal a chegar novamente ao golo, num ‘chapéu’ de Kika Nazareth (84 min), após assistência primorosa de Lúcia Alves.

Cumprido o primeiro de dois encontros de preparação para o ‘play-off’ intercontinental de acesso ao Mundial2023, Portugal volta a entrar em campo na terça-feira, em Alverca, para defrontar a Costa Rica.

A Seleção portuguesa vai defrontar o vencedor do encontro entre os Camarões e a Tailândia no ‘play-off’ intercontinental de acesso ao Mundial2023, num jogo marcado para Hamilton, na Nova Zelândia, em 22 de fevereiro de 2023.

 

 

Portugal 5-0 Haiti

Ao intervalo: 2-0

Estádio Municipal José Martins Vieira, na Cova da Piedade

Assistência: Cerca de 600 espetadores

Árbitro: Monika Mularczyk (Polónia)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Dolores Silva (29 min) e Batcheba Louis (32 min)

Marcadoras: Vanessa Marques (33 e 41 min), Sílvia Rebelo (66 min), Tatiana Pinto (79 min) e Kika Nazareth (84 min)

Portugal: Rute Costa, Ana Borges, Diana Gomes, Carole Costa (Kika Nazareth, 65 min), Alícia Correia (Lúcia Alves, 76 min), Dolores Silva, Vanessa Marques (Sílvia Rebelo, 65 min), Andreia Jacinto (Tatiana Pinto, 76 min), Carolina Mendes (Kelsey Araújo, 65 min), Jéssica Silva e Diana Silva (Andreia Faria, 13 min). Outras suplentes: Inês Pereira, Patrícia Morais, Bruna Lourenço, Ana Rute, Ágata Pimenta e Suzane Pires. Selecionador: Francisco Neto

Haiti: Lara Sofia Larco, Chelsea Supris, Claire Constant, Kethna Louis, Betina Petit-Frére (Tabita Joseph, 71 min), Jennyfer Limage, Sherly Jeudy (Roselord Borgella, 64 min), Raquel Pierre-Jerome (Jasmine Vilgrain, 88 min), Melchie Daelle, Batcheba Louis (Macelus Joseph, 64 min) e Nerilia Mondesir (Paola Simone Elis, 88 min). Outras suplentes: Gabrielle Emillien, B. Jean Baptiste, Deborag Bien-Ame, Brianna Montinard e Isabelle Bernier. Selecionador: Nicolas Delepine

 

Donativos LusoJornal
X