Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Seleção portuguesa sub-21 vai defrontar o País de Gales, em território britânico, num jogo a contar para a oitava jornada da fase de grupos de apuramento para o Campeonato europeu sub-21 que vai decorrer na Itália.

A Seleção das Quinas conta com um lusodescendente, Mathias Pereira Lage, que atua no Clermont, e também conta com um jogador que pertence aos quadros do Monaco, Gil Dias, que esta temporada está emprestado aos ingleses do Nottingham Forest.

Em conferência de imprensa, Gil Dias, afirmou que em território britânico os Portugueses vão tentar arrecadar os três pontos.

“O Treinador pediu-nos para termos uma resposta forte com o País de Gales e é isso que também queremos. Já refletimos sobre o jogo com a Roménia e agora temos de acreditar até ao fim que podemos apurar-nos. Agora temos é de pensar em ir jogar ao País de Gales e ganhar. Ainda há muitos cenários em aberto e só podemos de fazer as contas no final desta qualificação”, afirmou.

Gil Dias também falou do desaire da passada sexta-feira em que Portugal perdeu por 1-2 frente à Roménia em Paços de Ferreira. Os Portugueses tiveram inúmeras oportunidades, mas não as souberam aproveitar. Um jogo de loucos em que os romenos acabaram com apenas 9 jogadores dentro das quatro linhas após duas expulsões, e onde Portugal esteve a perder por 0-2. Os jogadores da Seleção das Quinas até tiveram uma oportunidade de empatar no último minuto, mas João Carvalho, que apontou o único golo luso, desperdiçou a grande penalidade que ele próprio arrecadou.

“Tínhamos ganho com toda a certeza caso tivéssemos aproveitado as oportunidades que criámos” afirma Gil Dias. “Depois de sofrer o primeiro golo a equipa ficou um pouco abalada e com o segundo tudo ficou ainda mais difícil. A expulsão do primeiro jogador da Roménia ajudou-nos a acreditar que podíamos fazer a reviravolta no marcador e estivemos perto do empate. O penálti do João Carvalho? Foi um azar, acontece a todos”, concluiu.

Portugal ocupa atualmente a terceira posição no Grupo 8 com 13 pontos, a dois pontos da Roménia e a cinco da Bósnia e Herzegovina. Apenas o primeiro de cada grupo se apura para a fase final do Campeonato da Europa. O segundo classificado pode participar no play-off de acesso à fase final se for um dos quatro melhores segundos, em nove equipas.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
9.7
X