Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Seleção portuguesa de futebol de Sub-21 mantém-se na corrida à fase final do Europeu da categoria de 2019, ao golear fora o Liechtenstein por 9-0, no seu nono e penúltimo encontro no Grupo 8 de apuramento.

Em Vaduz, a formação comandada por Rui Jorge, que assumiu provisoriamente o comando do agrupamento, resolveu o encontro na primeira parte, com um autogolo de Noah Graber, no minuto inicial, e tentos de Heriberto (28 min), e João Filipe (45+1 min).

Na segunda parte, Heriberto foi o protagonista, alcançando o ‘póquer’ com tentos aos 46, 62 e 90+2 minutos, Diogo Gonçalves (58 min), de grande penalidade, Diogo Jota (84 min) e Gil Dias (90+1 min), completarem a goleada.

Neste encontro, de notar que Mathias Pereira Lage, futebolista lusodescendente que atua no Clermont, em França, foi determinante no primeiro golo de Portugal e igualmente no segundo com uma assistência. Mathias Pereira Lage, que vestiu pela segunda vez a camisola das Quinas, jogou os 90 minutos.

A Seleção portuguesa Sub-21 soma agora 19 pontos, contra 18 da Roménia, que pode voltar ao comando na sexta-feira, se vencer em casa o País de Gales, num jogo que tem em atraso, e também 18 da Bósnia-Herzegovina.

Na terça-feira, a formação das ‘quinas’ recebe os Bósnios, no Funchal, e basta-lhe o empate para garantir o segundo lugar, sendo que o primeiro, e respetivo apuramento direto, não deverá fugir aos romenos, que, no mesmo dia, são anfitriões do Liechtenstein.

Caso seja segundo, Portugal precisa de ser um dos quatro melhores, entre os nove grupos de qualificação, para se qualificar para os ‘play-offs’, que apuram os últimos dois finalistas – juntam-se aos vencedores dos agrupamentos.

Nas contas para os melhores segundos, só são somados os resultados com primeiro, terceiro, quarto e quinto, sendo que, batendo os Bósnios, Portugal totalizaria 16 pontos, que devem chegar para ser um dos quatro melhores. Mesmo 14 podem bastar.

 

Fase de qualificação para o Europeu 2019 – grupo 8 – Sub-21

Rheinpark Stadion, Vaduz

Liechtenstein 0-9 Portugal (0-3 ao intervalo)

Liechtenstein: Armando Majer; Jens Hofer (Cap.) (Aaron Salanovic, 71 min), Colin Haas, Livio Meier, Fabio Wolfinger, Noah Frick, Dennis Salanovic, Yanik Frick (Noah Frommelt, 69 min), Ridvan Kardesoglu (Benjamin Vogt, 59 min), Lukas Graber e Noah Graber. Treinador: Heinz Fuchsbichler

Portugal: João Virgínia; Diogo Dalot (Gil Dias, 70 min), Jorge Fernandes (Cap.), Ivanildo Fernandes e Pedro Amaral (Diogo Jota, 79 min); Pêpê, Pereira Lage, Bruno Costa e Jota (Rúben Vinagre, 66 min); Heriberto Tavares e Diogo Gonçalves. Treinador: Rui Jorge.

Golos: Noah Graber (1 min p.b.), Heriberto Tavares (28, 46, 62 e 90+2 min), João Filipe (45+1 min), Diogo Gonçalves (58 min), Diogo Jota (84 min) e Gil Dias (90+1 min).

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.3
X