Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

No sábado passado, dia 31 de março, a Associação Portuguesa de St Priest (69) organizou nos seus locais o jantar da Páscoa com sócios e não sócios. Da ementa constavam Tripas à moda do Porto e no final houve animação musical com um DJ.

«Estamos no início da primavera e sendo a nossa principal atividade o folclore, estamos a preparar com ensaios e encontros a próxima época de festivais de folclore aqui na região e também no resto da França e em Portugal» disse Manuel Amorim ao LusoJornal. «O nosso grupo conta com cerca de cinquenta elementos entre dançarinos, cantores e tocata. São gente de todos os lados de Portugal, de todas as regiões, mas aqui dançamos mais os temas do Minho, sobretudo Alto Minho».

A agenda do grupo folclórico Juventude do Alto Minho está completa até ao final de junho com cerca de quinze encontros onde o público aficionado a este tipo de manifestação da cultura popular poderá apreciar as danças e os cantares tradicionais.

O Festival de folclore desta associação vai ter lugar em outubro e vai reunir também uma dezena de grupos de diversas associações da região.

A coletividade tem agora novos locais cedidos pela Mairie de St Priest, com salas de convívio e bar, onde pelas tardes a Comunidade que faz parte da massa associativa se reúne aos fins de semana. Trabalhadores reformados e jovens vem passar o seu tempo de lazer com jogos de cartas e dominó, entre outros. St Priest situa-se a este de Lyon e aqui a presença portuguesa é muito importante desde os anos sessenta.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
7.0
X