Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O surfista brasileiro Ítalo Ferreira (na foto) venceu neste sábado, 20 de outubro, pela primeira vez o Meo Rip Curl Pro Portugal, a 10ª e penúltima etapa do circuito principal de surf, ao triunfar na final diante do Francês Joan Duru.

Depois de eliminar nas meias-finais o compatriota e líder do ‘ranking’, Gabriel Medina, o atual quarto classificado do circuito não deu hipóteses ao francês, amealhando 15,93 pontos, suficientes para superar os 10,77 de Joan Duru, que iniciou a prova no 23º lugar do circuito mundial.

“Foi incrível. Foi uma semana muito abençoada e graças a Deus consegui a vitória. Consegui ganhar e foi um ano muito divertido para mim, com algumas vitórias e algumas derrotas”, afirmou Ítalo Ferreira.

Este foi o terceiro triunfo da carreira de Ítalo Ferreira, depois das conquistas, já este ano, no Rip Curl Bells Beach, na Austrália, e no Corona Bali Protected, na Indonésia. Em Portugal, o Brasileiro tinha como melhor resultado na praia de Supertubos, em Peniche, o segundo lugar alcançado em 2015, quando foi derrotado na final pelo compatriota Filipe Toledo.

 

Joan Duru, finalista francês em Portugal

No terceiro heat dos quartos de final, o Francês Joan Duru eliminou o Australiano Julian Wilson, arrecadando 11,57 pontos contra os 5,10 pontos.

Joan Duru apurou-se assim para as meias-finais. Nessa fase da prova, o surfista francês acabou por derrotar o Australiano Owen Wright, arrecadando 13,60 pontos contra os 12 pontos. Na final o Francês foi derrotado pelo Brasileiro Ítalo Ferreira.

Foi o melhor resultado de Joan Duru esta temporada no circuito principal de surf. Até agora o melhor resultado tinha sido um nono lugar em Uluwatu CT, na Indonésia.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.3
X