Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O tenista português João Sousa foi eliminado pelo Sérvio Novak Djokovic, na segunda ronda do quadro principal do torneio francês Rolex Paris Masters, em dois sets com os parciais de 5-7 e 1-6.

Um encontro durante o qual o Português teve hipóteses de fazer abanar Novak Djokovic, que ocupa atualmente o 2° lugar no ranking ATP. No primeiro set o tenista luso esteve a perder por 1-4 antes de conseguir empatar a 4-4. Uma reviravolta alcançada com um João Sousa de alto nível. Foi apenas por detalhes que o Vimaranense acabou por perder por 5-7 esse primeiro set, durante o qual até teve um bola para liderar o marcador por 6-5.

O tenista sérvio de 31 anos sentiu que o atleta luso era um perigo e teve de jogar a um altíssimo nível para não ser surpreendido no segundo set. João Sousa, que ocupa o 48° lugar no ranking mundial, teve dificuldades em seguir o ritmo, sofrendo um 0-5, antes de marcar um ponto nesse set, que acabou com um expressivo 1-6. O próprio João Sousa reconheceu que já não estava tão fresco mentalmente no segundo set.

No quarto dia consecutivo de competição, o tenista português acabou por ser derrotado. Recorde-se que o atleta luso ultrapassou três eliminatórias. Na segunda-feira, na primeira ronda do quadro principal, eliminou o Italiano Marco Cecchinato em dois sets com os parciais de 7-5 e 6-3. Antes, no passado fim de semana, tinha ultrapassado duas rondas de qualificação para chegar ao quadro principal do Torneio francês que decorre no AccorHotels Arena em Paris.

Na primeira ronda de qualificação o Português defrontou e venceu Grégoire Barrère em três sets com os parciais de 6-7, 6-0 e 6-2. Na segunda ronda de qualificação, João Sousa eliminou o norte-americano Tennys Sandgren em três sets com os parciais de 6-7, 6-3 e 6-4.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
7.3
X