Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Desporto

 

 

O tenista João Sousa mostrou-se ontem “muito contente” com a vitória e o nível exibido diante do francês Richard Gasquet para assegurar a presença no encontro do título do Torneio de Genebra, a 12ª final ATP da sua carreira.

“Foi um excelente encontro. Na verdade, acho que joguei quase na perfeição a nível tático, estive muito bem a esse nível”, afirmou, em declarações à Lusa, após o triunfo em dois ‘sets’, por duplo 6-2, diante o antigo número sete mundial.

Além de “muito contente com a vitória”, o vimaranense, que figura no 79º lugar no ‘ranking’ ATP, destacou o “nível muito alto” a que jogou “frente a um grandíssimo jogador, que tem muita experiência em todas as superfícies, já fez grandes resultados e era a primeira vez que defrontava”.

“Portanto, muito contente com o desfecho deste encontro e a passagem a mais uma final ATP”, acrescentou o minhoto, de 33 anos, que vai discutir o troféu com o norueguês Casper Ruud, número oito do mundo e campeão em título do ATP de Genebra. “Será um encontro difícil, obviamente. O Casper é um jogador que tem muito bom nível em terra batida, é ‘top-10’, venceu o ano passado aqui, sabe muito bem o que é vencer títulos e, eu, amanhã [sábado] vou dar tudo por tudo, dar o meu melhor para tentar vencer”, assegurou João Sousa, que conquistou o quarto título ATP da carreira este ano em Pune e, em 2015, foi finalista em Genebra.

Donativos LusoJornal
X