Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Britânico Simon Yates (Michelton-Scott) venceu este domingo isolado a 15.ª etapa do Tour de France em bicicleta, na qual o Francês Julian Alaphilippe (Deceuninck-Quick Step) viu encurtada a sua vantagem.

Simon Yates tornou-se no primeiro corredor a bisar na edição de 2019 do Tour ao concluir os 185 quilómetros da etapa pirenaica, entre Limoux e Foix, em 4:47.04 horas, menos 33 segundos do que o Francês Thibaut Pinot (Groupama-FDJ), que venceu no sábado a etapa que terminou no Tourmalet, e do que o Espanhol Mikel Landa (Movistar).

Quanto aos Portugueses, Nelson Oliveira com a equipa Movistar terminou no 62° lugar a 24 minutos e 30 segundos do Britânico, Rui Costa com a equipa UAE-Emirates acabou na 79ª posição a 26 minutos e 48 segundos do vencedor, enquanto José Gonçalves terminou no 102° lugar com a equipa Katusha Alpecin a 26 minutos e 48 segundos de Simon Yates.

Pinot, o Britânico Geraint Thomas (INEOS) e o Holandês Steven Kruijswijk (Jumbo-Visma) aproveitaram a quebra nos últimos quilómetros de Alaphilippe, que não foi além do 11.º lugar na etapa, a 1 minuto e 49 segundos de Simon Yates.

Julian Alaphilippe vai gozar o segundo dia de descanso da ‘Grande Boucle’ com 1 minuto e 35 segundos de vantagem sobre o campeão de 2018, Geraint Thomas, 1 minuto e 47 segundos sobre Kruijswijk, e 1 minuto e 50 segundos sobre Pinot.

Na geral do Tour de France, os Portugueses ocupam os seguintes lugares: Rui Costa está na 57ª posição a 1 hora 20 minutos e 22 segundos do líder, Nelson Oliveira desceu para o 96° lugar a 2 horas e 17 segundos, enquanto José Gonçalves ocupa o 127° lugar a 2 horas 31 minutos e 50 segundos do Francês.

A corrida vai prosseguir na terça-feira, em Nîmes, local de partida e chegada da 16.ª etapa, que tem um traçado praticamente plano, à exceção de uma subida a meio, de quarta categoria.

 

LusoJornal Artigos
Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.8
X