Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O ciclista australiano Caleb Ewan (Lotto Soudal) impôs-se ao milímetro no final da 11.ª etapa da Volta a França, em que Primoz Roglic (Jumbo-Visma) não enfrentou dificuldades para defender a camisola amarela.

Num ‘sprint’ muito renhido, no final dos 167,5 quilómetros entre Châtellaillon-Plage e Poitiers, Ewan ‘bisou’, batendo o irlandês Sam Bennett (Deceuninck-QuickStep), que foi segundo, e Wout Van Aert (Jumbo-Visma), terceiro, com o pelotão a cumprir a tirada em 4:00.01 horas.

De notar que o português Nelson Oliveira (foto), da equipa espanhola Movistar, terminou no 80° lugar nesta 11ª etapa com o mesmo tempo do vencedor.

 

Primoz Roglic, segundo dia com a camisola amarela

O esloveno Primoz Roglic mantém-se de amarelo e vai partir, na quinta-feira, para a mais longa etapa desta edição, uma ligação de 218 quilómetros entre Chauvigny e Sarran Corrèze, com 21 segundos de vantagem para o colombiano Egan Bernal (INEOS) e 28 para o francês Guillaume Martin (Cofidis), respetivamente segundo e terceiro da geral individual.

No que diz respeito a Nelson Oliveira ocupa o 57° lugar na geral a 1 hora 07 minutos e 35 segundos do líder da prova.

 

Desporto
X