Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O ciclista dinamarquês Soren Kragh Andersen (Sunweb) venceu isolado a 14.ª etapa da Volta a França, num final frenético em Lyon que não alterou a geral individual, liderada pelo esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma).

Um ataque nos derradeiros quilómetros da ligação de 194 desde Clermont-Ferrand permitiu a Kragh Andersen conquistar a sua primeira vitória no Tour, com o tempo de 04:28.10 horas, diante de um pelotão liderado pelo esloveno Luka Mezgec (Mitchelton-Scott) e pelo italiano Simone Consonni (Cofidis), respetivamente segundo e terceiro, à frente do eslovaco Peter Sagan (Bora-hansgrohe) e a 15 segundos do vencedor.

De notar que o português Nelson Oliveira, da equipa espanhola Movistar, terminou no 82° lugar nesta 14ª etapa a 6 minutos e 42 segundos do vencedor.

 

Primoz Roglic segura camisola amarela

As contas da geral mantiveram-se imutáveis, com o esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma) a manter os 44 segundos de vantagem para o compatriota Tadej Pogacar (UAE Emirates), segundo, e 59 para o colombiano Egan Bernal (INEOS), que é terceiro, na véspera da duríssima 15.ª etapa, uma ligação de 174,5 quilómetros entre Lyon e o Grand Colombier, onde está situada uma contagem de categoria especial coincidente com a meta.

No que diz respeito a Nelson Oliveira ocupa o 60° lugar na geral a 1 hora 40 minutos e 45 segundos do líder da prova.

 

Desporto
X