Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O fotógrafo Eric Facon estará presente, quarta-feira, dia 7 de novembro, na vernissage da sua exposição “Les Vagabondes: du Chili au Portugal” que terá lugar dia 7 de novembro, a partir das 19h00, na Casa de Portugal na Cidade Universitária Internacional de Paris. O autor das fotos expostas fará uma visita guiada aos presentes.

A exposição está patente ao público até ao dia 8 de dezembro e já está aberta desde dia 19 de outubro. A finissage terá lugar dia 8 de dezembro às 17h00.

Eric Facon estará de novo presente na Casa de Portugal dia 22 de novembro, às 19h00 para uma conferência intitulada “Vagabondes, la photographie à la croisée des chemins, entre la poésie et la musique”.

Enquadrada no projeto Art-Hop-Polis, a exposição será acompanhada por outros eventos em simultâneo que terão lugar nas outras casas participantes, como a Casa da Tunísia, a Fundação dos Estados Unidos com “Reflets d’entre guerres”, a Casa do México com “10 mouvements d’énergie et transformation”, o Colégio de Espanha com “Route 66” e a Casa Heinrich Heine com “Carnet de balles et… de voyage”.

O projeto Art-Hop-Polis é uma ideia original da Fundação dos Estados Unidos e organiza, todas as quartas feiras do mês, serões em que se passa de Casa em Casa para se descobrir as exposições dos artistas internacionais. O visitante pode começar pela vernissage da sua escolha e ir completando o percurso nas outras Casas participantes.

A organização pretende seduzir o público através de “um ambiente caloroso e a diversidade cultural e internacional das obras propostas. Sem esquecer o quadro: o parque e a arquitetura das Casas, uma exposição permanente a céu aberto, e ver e a rever no percurso artístico da Cidade Internacional”.

Eric Facon nasceu em 1967 em Pantin, e vive e trabalha entre a França e o Chile. É membro de La maison des photographes “Signatures” desde junho de 2016. Possui um Master em Literatura americana sobre o escritor Raymon Carver pela Universidade Paris 8. Os seus temas de predileção são a viagem ao encontro do Outro, a errância, a cidade, os seus habitantes e a sua azáfama e uma certa melancolia do mundo e dos seus rostos.

De 1997 a 2007 colaborou regularmente com o jornal Libération que foi a sua escola de fotografia e de reportagem, que valorizava a fotografia de autor. Foi membro do coletivo le bar Floréal de 2005 até à sua extinção em 2015. As suas reportagens e retratos foram publicados na imprensa francesa e internacional.

 

Exposição todos os dias das 10h00 às 19h00.

Entrada livre e gratuita dentro do limite dos lugares disponíveis.

.

Maison du Portugal André de Gouveia

Cité Internationale Universitaire de Paris

7 P boulevard Jourdan

75014 Paris

Infos: 01.40.79.02.40

.

www.ciup.fr/citescope/theme-exposition/les-vagabondes-du-chili-au-portugal-80108/

http://www.ericfacon.com/

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.6
X