Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O volume de negócios no alojamento no Algarve cresceu 1,9% em junho deste ano, em comparação com o período homólogo de 2018, embora se tenha verificado uma diminuição de 0,5% na ocupação, anunciou a maior associação hoteleira algarvia. Um dos mercados em que houve uma descida significativa foi o Francês com menos 12,5%.

“O volume de vendas subiu 1,9% face ao mesmo mês do ano anterior, registando um aumento acumulado de 3,2%, sendo a taxa de ocupação global média/quarto de 79,3%, semelhante à verificada em 2018 (menos 0,5%)”, informou a Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

De acordo com os dados provisórios revelados pela AHETA no resumo da evolução mensal da atividade do setor, os mercados que mais contribuíram para a subida foram o nacional (+8,7%) e o Irlandês (+4,4%).

Os mercados em que se registaram as maiores descidas foram o Holandês (menos 12,7%), o Francês (-12,5%) e o Alemão (-11,3%).

Segundo a associação dos hoteleiros do distrito de Faro, em termos acumulados, desde o início do ano, o volume de vendas registou um aumento de 3,2%.

 

LusoJornal Artigos

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
9.4
X