Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

Trevoux situa-se a norte de Lyon, distante de uns 40 quilómetros da capital regional, já no departamento vizinho do Ain (01), no vale do rio Sâone. Tem um grande património histórico e muito rico, desde o século II aC, com a presença do povo Romano.

A Comunidade portuguesa começou a chegar a estas terras essencialmente nos anos 60, e onde se fixou nos trabalhos agrícolas, na indústria e na construção civil. A sua presença é muito apreciada por toda a população, pois a Comunidade é muito ativa e participativa nos eventos da Mairie, na vida social, cultural e económica desta região.

Em 2017 foi assinado um Protocolo de geminação entre as localidades de Trevoux e de Ribeira de Pena, e a partir desta data houve intercâmbios e visitas entre os dois municípios. O Protocolo foi assinado pelo Maire de Trevoux, Marc Pechoux, e pelo seu homólogo português Rui Vaz Alves.

Em Ribeira de Pena, é a Câmara municipal que dinamiza diretamente a geminação, enquanto em Trevoux, é uma associação dependente da Mairie que se ocupa da organização de eventos e dos intercâmbios culturais, comerciais, entre as duas terras. Esta Comissão está atualmente em fase de criação com membros das duas Comunidades.

“A nossa associação vive atualmente uma situação complicada, com a pandemia. Desde o seu início, em março passado, não podemos fazer ou organizar mais nada, está tudo cancelado, até fins de janeiro. Sendo os nossos locais propriedade da Mairie, estão fechados por ordem da Préfecture e da Mairie, mesmo fora do tempo de confinamento” disse ao LusoJornal Tiffany Ribeiro, Secretária da coletividade. “A última atividade foi precisamente no último fim de semana, antes do confinamento, onde tínhamos organizado uma saída ao esqui, nos Alpes”.

A associação organizou a sua Assembleia geral em fevereiro, mas desta reunião não saiu nada de concreto, pois havia eleições a planear, mas não foram feitas. “A antiga Direção está ainda a manter-se com as suas responsabilidades, esperando a possibilidade de novas eleições” explicou Tiffany Ribeiro.

Desde março, a associação não teve nenhuma atividade. Todas as que estavam agendadas foram canceladas, como em abril o Baile da primavera, em junho uma saída à praia, em julho a participação nas festas da cidade “Trevoux plage”, ainda o São Martinho em novembro, e o jantar de fim de ano em dezembro. A abertura dos locais com o serviço de bar e jogos, aos sábados e domingos, também foi cancelada desde março.

“Financeiramente, as nossas principais perdas foram os valores das reservas de mercadorias destinadas ao bar. Porque o resto, as rendas, luz e água, a Mairie de Trevoux paga tudo isso na sua totalidade. Não estamos com dificuldades maiores, e penso que poderemos facilmente reabrir” completou Tiffany Ribeiro ao LusoJornal.

A Direção atual integra o Presidente Agostinho Ribeiro e a Secretária Tiffany Ribeiro.

 

Associações
X