Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

As turmas de 3ème, 2nde e 1ère da Secção Internacional Portuguesa do Collège-Lycée Honoré de Balzac de Paris e as turmas de 4ème e 3ème da Secção Internacional Portuguesa do Collège Jean Moulin de Chaville, tiveram a oportunidade de participar numa viagem escolar (de 1 a 3 de abril) que se realizou no nordeste da França, no âmbito do projeto “Memória de duas guerras”.

No primeiro dia, o grupo chegou a Verdun e, acompanhado de um guia, ficou a conhecer as histórias daquele local. O grupo visitou o Forte de Douaumont, onde foram relatadas as condições de vida dos soldados e a história do forte. A próxima paragem levou o grupo ao Ossuário de Douaumont, monumento construído em memória dos soldados de todas as nacionalidades mortos nos campos de batalha da zona.

No segundo dia, o local descoberto foi o Forte de Hackenberg, construído na linha de defesa Maginot. Os túneis levaram os alunos às principais salas: cozinhas, quartos, posto de socorro, central telefónica… E instalados num comboio elétrico da época, os alunos percorreram quilómetros até chegar às escadas que os levaram aos blocos de combate equipados de potentes torres de artilharia. De tarde, o grupo dirigiu-se a Strasbourg e visitou o Parlamento Europeu bem como a cidade.

No terceiro dia, para terminar a visita dedicada às guerras e à formação da União Europeia, os alunos foram conhecer o Memorial de Alsace-Moselle, museu reproduzindo cenários que retratam a história da região desde 1870 até aos dias de hoje.

Resta agora ficar na memória, a recordação dos acontecimentos e dos atos heroicos de homens que morreram em defesa da sua Pátria, entre os quais, os soldados portugueses desaparecidos em Batalha.

 

Notícia redigida pelas alunas das SIP do Collège Honoré de Balzac e do Collège Jean Moulin

Ana-Leticia Alves de Paula

Ana Carolina Marques

Carolina Costa dos Santos

Laura Gomes dos Santos

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
6.9
X