Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Desenhos do arquiteto português João Santa-Rita, sobre cidades imaginadas, estão incluídos numa exposição coletiva na Galerie d’Architecture, em Paris, dedicada ao futuro da arquitetura, que estará patente até 09 de abril.

Tendo como tema “Que Futuro para o Desenho de Arquitetura?” a mostra junta 12 arquitetos e coletivos que procuram dar corpo a um conjunto de temas lançados pela galeria, de acordo com uma apresentação da mostra.

A João Santa-Rita a galeria parisiense propôs como tema “Broken Space”, através do qual o arquiteto elabora um tipo de cidades, fora do tempo e do planeamento habituais.

“Uma cidade que reivindica a cidade dos ambientes, versus a cidade do ambiente, a cidade do cheiro, versus a cidade inodora, a cidade do ruído, versus a cidade do silêncio, a cidade do convívio versus a cidade do isolamento, a cidade da partilha versus a cidade do individualismo, a cidade da vida, versus a vida na cidade, a cidade inventada versus a cidade controlada”, segundo um texto do arquiteto.

Com o arquiteto português expõem também Jérôme Brunet, Pierre-Alain Dupraz, Siv Helene, Stangeland & Reinhard Kropf, Andrés Atela, Helmut Dietrich e muito Untertrifaller, Samuel Delmas, Henri Bava e Michel Hössler e Olivier Philippe, Pierre Hebbelinck, Jean Christophe Quinton, Alireza Razavi, Astrid Staufer e Thomas Hasler e, como artista convidada, Anne-Valérie Gasc.

A Galerie d’Architecture é um espaço de exposição dedicado à arquitetura contemporânea internacional, cujo Diretor é Gian Mauro. Inaugurada em 1999, para difundir a atual criação arquitetónica, alterna a produção da geração mais jovem com a de arquitetos, arquitetos paisagistas ou designers já consagrados de todo o mundo.

João Santa-Rita tem vindo a participar em exposições na Alemanha, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, Dinamarca, Escócia, Estados Unidos, Espanha, Finlândia, França, Holanda, Hong-Kong, Inglaterra, Itália, Portugal, Polónia e Rússia. É atualmente Vice-Presidente do Conselho Internacional dos Arquitectos de Língua Portuguesa (CIALP).

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
5.9
X