Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Cap Magellan lançou 17ª edição da campanha «Sécur’été 2019 » em Argenteuil

LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha

Na sexta-feira da semana passada, dia 28 de junho, foi apresentado no Aérokart de Argenteuil (95), a 17ª edição da campanha «Sécur’été 2019: Verão em Portugal» da associação Cap Magellan, na presença do Cônsul Geral de Portugal em Paris, António de Almeida Moniz, do “padrinho” da campanha pelo oitavo ano consecutivo José Carlos Malato, e dos “afilhados” desta operação, os pilotos Mickael Mota e Janyce da Cruz.

Este foi o pontapé-de-saída para a campanha que vai ter lugar em três países – França, Espanha e Portugal – e vai prolongar-se por alguns meses, mesmo se Anna Martins, a Presidente da Cap Magellan, diz que “para nós a campanha tem lugar durante todo o ano, em todos os nossos eventos, e não apenas durante o verão”.

No dia seguinte, na discoteca Vilamoura, em Villeneuve-Saint-Georges, a equipa de voluntários da Cap Magellan, fez uma primeira campanha de sensibilização junto dos mais jovens.

“Os mais novos são um dos nossos públicos-alvo, daí fazermos ações nas discotecas, aqui, antes de irmos de férias, mas depois em Portugal, em várias discotecas do país” explicou Anna Martins. “Mas também são os menos jovens, toda a gente que travessa a França e a Espanha de carro para ir de férias a Portugal. Passam pelos mesmos sítios, nas áreas de serviços, nomeadamente na de Bordeaux/Cestas, por exemplo, e não são apenas os de França, mas também os dos outros países que seguem pela mesma estrada. E é por isso que também temos o apoio do Estado francês”.

Anna Martins lembrou que “um terço dos acidentes, são devido ao consumo de álcool e este número aumenta para 45% na faixa etária dos 18 aos 24 anos. E metade dos acidentes são causados pela velocidade”.

O Cônsul Geral António Moniz diz que o número de acidentes nas estradas entre a França e Portugal tem vindo a decrescer. “Mesmo se não podemos afirmar que é graças à vossa campanha, eu penso que a Cap Magellan deve orgulhar-se muito desta operação”. José Carlos Malato, diz por seu lado que a campanha já é conhecida em Portugal e que “o importante é mesmo esta regularidade, de fazerem esta campanha há 17 anos”.

O conhecido apresentador da televisão portuguesa estava em Paris para apresentar um programa da RTP em direto de Aulnay-sous-Bois, para o qual convidou aliás a Presidente da associação e os dois pilotos Mickael Mota et Janyce da Cruz.

Numa intervenção inicial Anna Martins diz que esta campanha de prevenção rodoviária se integra numa lógica de outras campanhas de sensibilização, nomeadamente de prevenção da Sida ou de sensibilização para a participação cívica, às quais se devia acrescentar uma prevenção contra os incêndios em Portugal, “que infelizmente já nos habituamos a ver todos os anos, no verão, em Portugal” disse.

Lista das próximas ações

– Dias 20 e 21 de julho, operação na área de serviço de Bordeaux-Cestas – em parceria com a associação O Sol de Portugal de Bordeaux – e na RCEA, a estrada francesa com mais acidentes – em parceria com o Centro franco-português de Bourges.

– No fim de julho, várias equipas de voluntários da Cap Magellan estarão mobilizadas nas principais autoestradas em direção de Portugal.

– Dias 26 e 27 de junho, presença no Festival Electro Braga DanceFloor.

– Dias 27 e 28 de julho, acolhimento dos emigrantes nas fronteiras de Vilar Formoso, Chaves e Valença.

– Dia 29 de julho, participação no Festival Internacional do Porto.

– Dia 30 de julho, presença na área de descanso Cepsa em Leiria (A1).

– Na primeira quinzena de agosto, passagem pelas discotecas Triunfo (Chaves) e Press Bar (Chaves), Lagar’s (Amares-Braga), Pacha (Esposende), Palace Kiay (Meirinhas-Pombal), Império Romano (Marinha Grande) e pelas principais zonas turísticas do país.

– De 10 a 14 de agosto, Encontro europeu de jovens lusodescendentes em Bragança.

– De 15 a 17 de agosto, Festival Sol da Caparica

LusoJornal Artigos

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 9 Votos
4.2
X