Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

Mais de 20 candidatos franco-portugueses identificados pelo LusoJornal, foram eleitos este domingo, na segunda volta das eleições Departamentais francesas, que tiveram lugar ao mesmo tempo que as eleições Regionais.

Dos cerca de 160 candidatos que foram identificados pelo LusoJornal na primeira volta da eleição, apenas 60 passaram à segunda volta e destes, mais de 20 ganharam a eleição.

Alguns dos vencedores são personalidades conhecidas na Comunidade portuguesa de França, como é o caso do Republicain Cédric de Oliveira (na foto), Maire de Fondettes, nos arredores de Tours, que ganhou facilmente a eleição no Cantão de Saint Cyr-sur-Loire, ou ainda do Comunista David Queirós, Maire de Saint Martin d’Hères, nos arredores de Grenoble, da socialista Manuela Ferreira de Sousa, Maire adjointe de Clermont-Ferrand ou Paulo de Carvalho, Maire LREM de Dourdan (91).

Uma grande parte dos vencedores franco-portugueses integraram binómios com tendências políticas ao Centro e à Direita, como é o caso de Jourdan da Silva em Saint Etienne (42), Jonathan Rodrigues em Epernay (51), Sandrine de Figueiredo em Compiègne (60), Teresa Dias em Pont Sainte Maxence (60), Emma Abreu em Villeparisis, Nathalie Pereira em Mantes-la-Jolie (78) ou Manuela de Melo em Herblay (95).

Um em cada quatro candidatos franco-portugueses na primeira volta da eleição, apresentava-se pelas listas do Rassemblement National, mas apenas foi eleito Guillaume dos Santos em Charvieux-Chevagneux (38).

Na primeira volta já tinham sido eleitos os socialistas André Viola em La Piège-au-Razès (11) e Christophe Proença em Cère-et-Ségala (46).

Esta é a eleição com uma paridade perfeita já que os concorrentes apresentam-se por binómios constituídos por uma mulher e um homem.

 

Política

 

X