Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

As eleições para o Conselho das Comunidades Portuguesas devem realizar-se em setembro de 2019, mas o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas propôs àquele órgão de consulta o seu adiamento para evitar que estas possam trazer alguma perturbação no acompanhamento às Comunidades portuguesas no processo eleitoral para as legislativas em Portugal, que devem realizar-se no outono do próximo ano, explicou José Luís Carneiro.

Flávio Martins, o Presidente do Conselho Permanente do Conselho das Comunidades Portuguesas já disse não ver “qualquer problema”.

Flávio Martins disse que não falou com os restantes Conselheiros sobre o adiamento, apesar de concordar com a proposta porque “não há qualquer problema em que sejam adiadas”, recordando que eleições anteriores para o Conselho já o foram.

Com efeito, desde os anos 90 que as eleições para o Conselho das Comunidades nunca cumprem os prazos estipulados por lei e são sistematicamente adiadas, por vezes, como aconteceu com a eleição precedente, foram adiadas por três anos, o que tem vindo a retirar credibilidade ao órgão eleito por sufrágio universal para representar os Portugueses residentes no estrangeiro.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
4.8
X