Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Emanuel cantou na Casa Oliveira com Cris Ribeiro e Luzi Occi

LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos

No sábado dia 18 de novembro, o empresário Olivier Desmonceau, da «Casa Oliveira Market» situada em Grigny (69), nos arredores de Lyon, organizou um espetáculo tendo como cabeça de cartaz Emanuel e as suas dançarinas. Ainda neste cartaz estavam Cris Ribeiro, Luzi Occi e Hugo Andrade.

«Eu sou um apaixonado pela cultura portuguesa sobretudo pela música, mas também tudo o que toca a gastronomia, e sem esquecer a música popular, o folclore e as tradições portuguesas» explicou ao LusoJornal Olivier Desmonceau. «Como tem já acontecido, organizo eventos que toquem a Comunidade portuguesa. Hoje foi casa cheia e perto de 600 pessoas puderam apreciar este espetáculo».

Aliás, tratava-se de um jantar-espetáculo, acompanhado por um Cozido à portuguesa.

Olivier Desmonceau teve ajudas das associações de St. Genis Laval e de Ternay, e os seus Presidentes respetivos, David Assunção e António Pereira, e muitos membros dos seus grupos de folclore, tiveram ao seu encargo o serviço de restauração e bar.

Este espaço comercial e de restauração – «Casa Oliveira» – situa-se em Grigny (69), perto de Givors, onde a Comunidade portuguesa tem a possibilidade de encontrar produtos de mercearia, desde o fresco, conservas e congelados. Conta também com uma grande proposta de vinhos de várias regiões de Portugal e outras bebidas portuguesas.

No rescaldo deste espetáculo, há muitas conclusões positivas, onde os fans de Emanuel puderam apreciar temas antigos e novidades. Cris Ribeiro ofereceu os seus sons de concertina e temas de sucesso. Na animação do baile, os Dj’s Hugo Andrade e Luzi Occi deram som que encheu o espaço dança da sala.

«O nosso grupo de folclore ‘Verde Minho’ atuou hoje pela primeira vez neste serão de festa e de espetáculo. Agradecemos ao empresário Olivier Desmonceau por esta oportunidadeque que nos proporcionou, e toda a ajuda que ele também nos deu para que este grupo exista hoje» declarou ao LusoJornal António Pereira, Presidente do grupo Verde Minho de Ternay.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
5.8
X