Emigrante em França esquecida em avião

Maria Ferreira tem 88 anos. No passado dia 28 de julho, a idosa embarcou em Paris, na capital francesa, para passar férias com a família em Espinho. No entanto a viagem não correu da melhor maneira visto que acabou por não desembarcar no Porto, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, apenas no fim da rota do avião, na Madeira.

A mulher que embarcou às 6h30, chegou ao Porto, pela primeira vez, às 7h45, antes de viajar para a Madeira e regressar apenas pelas 17h à cidade Invicta.

De referir que a idosa seguia em cadeira de rodas e viajava sozinha. Em declarações ao Correio da Manhã, Maria Ferreira contou o que ocorreu: «Quando cheguei, os passageiros saíram todos e fiquei, sozinha, à espera da hospedeira. Passado algum tempo, começaram a entrar passageiros e o avião levantou outra vez voo. Lá na Madeira, a hospedeira disse-me que tinha de sair e foi quando percebi que não estava no Porto».

Foram momentos de aflição para a família e para Maria Ferreira, no entanto tudo ficou resolvido com a viagem de regresso da Madeira.

A Transavia lamentou a situação.

 

LusoJornal Artigos