Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Governo moçambicano e a empresa francesa Neoen assinaram um acordo para construção de uma central elétrica solar no norte do país capaz de servir 150 mil pessoas.

Durante uma cerimónia oficial que teve lugar em Maputo, Moçambique, ontem, dia 17 de dezembro, o documento foi assinado pelo Ministro dos Recursos Minerais e Energia de Moçambique, Max Tonela e pelo Diretor da Neonem, Cyril Perrin.

O investimento ronda os 50 milhões de euros e vai ser instalado em Metoro, província de Cabo Delgado, esperando-se que as obras arranquem no segundo semestre de 2019, referiu Max Tonela.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.2
X