Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A 19ª jornada do Campeonato francês da primeira divisão de futebol, a Ligue 1, encerrou a primeira fase da Liga e também o ano de 2019. Para os Treinadores Portugueses, dois terminaram a festejar, André Villas-Boas (na foto) com o Marseille e Leonardo Jardim com o Monaco, enquanto o terceiro, Paulo Sousa com o Bordeaux, acabou por perder.

 

André Villas-Boas, segundo lugar reforçado

Após um empate na deslocação ao terreno do Metz, o Marseille queria regressar ao caminho dos triunfos perante o Nîmes.

No Estádio Vélodrome, os Marselheses procuraram durante muito tempo o primeiro golo, aliás a primeira parte terminou sem golos. No entanto logo a abrir a segunda parte um jogador do Nîmes, Sofiane Alakouch, marcou na própria baliza, abrindo o marcador para o Marseille.

A vencer por 1-0 os pupilos do Treinador luso André Villas-Boas iam libertar-se, apontando sucessivamente um tento aos 65 minutos pelo avançado argentino Darío Benedetto, e um outro golo aos 81 minutos pelo avançado francês Dimitri Payet.

Os Marselheses controlaram e venceram o encontro frente ao Nîmes que reduziu o marcador aos 90+1 minutos com um tento do Francês Anthony Briançon.

Oitava jogo sem derrotas para o Marseille que, com este triunfo por 3-1, reforçou o segundo lugar agora com 38 pontos, mais cinco pontos do que o Rennes, e menos sete do que o Paris Saint Germain, líder do campeonato.

 

Leonardo Jardim, triunfo e sétimo lugar

O Monaco, após um empate sem golos na deslocação ao terreno do Angers, queria reagir e continuar a subir na tabela classificativa. No entanto a tarefa não era nada fácil frente ao Lille, vice-campeão de França e que na passada terça-feira derrotou os Monegascos por 0-3 nos oitavos da Taça da Liga Francesa.

Em casa os pupilos do Treinador português Leonardo Jardim queriam mostrar uma outra cara que aquela da passada terça-feira.

O jogo até começou mal visto que o avançado nigeriano Victor Osimhen abriu o marcador aos 13 minutos de jogo.

O Monaco precisava de reagir e foi um Português que restabeleceu o empate. Aos 23 minutos, o avançado Gelson Martins, empatou a uma bola. Este tento acabou por abrir caminho aos Monegascos e por condenar os ‘Dogues’.

Aos 29 minutos, o avançado senegalês Keita Baldé apontou o segundo para o clube do Principado. Na segunda parte foi a vez do avançado francês Wissam Ben Yedder dar o seu contributo com dois golos apontado aos 53 e 63 minutos de jogo.

A vencer por 4-1 os Monegascos não deixaram o encontro terminar desta maneira e ofereceram mais um tento aos adeptos presentes com um golo do defesa polaco Kamil Glik aos 90+2 minutos.

Triunfo por 5-1 do Monaco que contou com três portugueses – Gelson Martins, Gil Dias e Adrien Silva – perante o Lille que teve apenas dois lusos dentro das quatro linhas: José Fonte e Renato Sanches, sendo que Tiago Djaló e Xeka não participaram.

Os Monegascos ocupam agora o sétimo lugar com 28 pontos, enquanto o Lille está na quarta posição com 31 pontos.

 

Paulo Sousa, terceira derrota consecutiva

O final do ano foi muito complicado para o Bordeaux de Paulo Sousa. Três jogos e três derrotas. Após a derrota na deslocação ao terreno do Marseille (3-1) e aquela em casa frente ao Strasbourg (0-1), os Girondinos não conseguiram dar a volta neste último jogo de 2019 e foram derrotados na deslocação ao terreno do Rennes por 1-0.

O clube da Bretagne, que contou com o Lusodescendente Damien da Silva, o Franco-Angolano Eduardo Camavinga e o Brasileiro Raphinha, conseguiu fazer a diferença nos últimos minutos do encontro com um tento do avançado senegalês M’Baye Niang.

O Bordeaux não conseguiu encontrar uma solução para chegar ao golo e os pupilos do Técnico luso Paulo Sousa acabaram por sair derrotados do Roazhon Park.

Os Girondinos, que há três jogos estavam no 3° lugar, ocupam agora a 13ª posição com 26 pontos. Quanto ao Rennes está no terceiro lugar com 33 pontos.

A próxima jornada do Campeonato francês da primeira divisão de futebol decorre apenas entre 10 e 12 de janeiro. O Marseille desloca-se ao terreno do Rennes, a 10 de janeiro pelas 20h45, o Monaco desloca-se ao terreno do Paris Saint Germain, a 12 de janeiro pelas 21h00, enquanto o Bordeaux recebe o Lyon a 11 de janeiro pelas 17h30.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.9
X