Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O grupo musical Enigma é um dos grupos que mais trabalha nas festas portuguesas, mas a pandemia de Covid-19 veio suspender por completo uma agenda carregada. Agora, já só estão a prever regressar aos palcos em outubro.

O Enigma foi fundado em 2013, é uma banda com 12 elementos, entre músicos, cantores e staff. Não são todos da mesma região, mas todos vivem em França.

Nuno Mira é o responsável do grupo, mas foi a mulher, também cantora, Mara, quem respondeu às perguntas do LusoJornal.

 

Tiveram espetáculos anulados?

Quando a nossa época 2019/2020 começou, em outubro, tínhamos uma agenda bem preenchida, agradecemos desde já todas as associações e patrocínios, pela confiança, mas infelizmente foram 11 festas desde março até julho, canceladas ou adiadas. Com muita esperança e fé, e se tudo correr bem daqui lá, esperemos que as nossas festas fiquem adiadas e não canceladas para podermos reencontrar o nosso público e os fãs,…

 

Quando esperam regressar aos palcos?

Gostaríamos de regressar, como todos, o mais rápido possível porque já estamos com saudades das festas, da alegria, da música, de tudo e de todos… normalmente, em outubro de 2020 gostaríamos de pisar de novo os palcos…

 

Entretanto conseguem trabalhar à distância?

Estamos todos em casa, mas todos juntos nas redes sociais para começar a preparar a nossa nova época, a nossa “Tour Esperança”, com um novo reportório, que vai ser muito especial porque o que vivemos hoje vai-nos tornar todos diferentes… muito mesmo…

 

Está preocupada com a pandemia?

Estamos todos preocupados, pelos nossos familiares, filhos, amigos, todo o mundo… sem esquecer ninguém. Por isso “Fiquem em casa”. E o que nós esperamos para o futuro é mais humildade, mais união, mais amor, mais paz e muita saúde… e sobretudo muita música e festas portuguesas e outras… para poder dar alegria e ver o mundo a dançar e dar um pezinho de dança com o Grupo Enigma.

 

Cultura
X