Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

“Ifigénia” de Tiago Rodrigues, com encenação d’Anne Théron au Théâtre National de Strasbourg

Cultura

 

A peça “Ifigénia” é uma coprodução do Teatro Nacional de Strasbourg e do Teatro Nacional São João, do Porto, um texto do português Tiago Rodrigues e encenação d’Anne Théron e passou pelo Théâtre National de Strasbourg de 12 a 22 de outubro.

A reescrita do clássico grego de Eurípides para um contexto contemporâneo, onde a mulher assume posição de destaque e nas palavras da encenadora a “mulher diz não”.

O espetáculo debruça-se sobre a história da filha do rei Agamémnon, que o soberano sacrifica em nome do combate na guerra de Tróia.

Nesta interpretação do mito, Tiago Rodrigues interroga-se em Ifigénia sobre qual seria o destino de Ifigénia se os homens, que decidem a sua sorte, não se submetessem à autoridade dos deuses. Esta abordagem do livre-arbítrio seduziu Anne Théron, cujo trabalho explora com frequência o grito interior das mulheres nas suas encenações.

Em palco, um coletivo de nove atores: Carolina Amaral, Fanny Avram, João Cravo Cardoso, Alex Descas, Vincent Dissez, Mireille Herbstmeyer, Julie Moreau, Philippe Morier-Genoud e Richard Sammut.

Carolina Amaral começou por explicar que se trata de uma Ifigénia do século XXI, com um novo “discurso e reivindicação do seu corpo”.

 

Próximos espetáculos:

Martigues, na terça-feira 8 de novembro, no Théâtre des Salins, Scène nationale de Martigues

Niort, na quinta-feira 17 de novembro, no Moulin du Roc, Scène nationale

Bayonne, na terça-feira 22 e na quarta-feira 23 de novembro, na Scène nationale du Sud-Aquitain

Brive, na quinta-feira 1 e na sexta-feira 2 de dezembro, à l’Empreinte, Scène nationale Brive-Tulle

Lyon, de 18 a 22 de janeiro de 2023, no Célestins, Théâtre de Lyon

Porto, na sexta-feira 27 e no sábado 28 de janeiro de 2023, no Teatro Nacional São João

La Roche-sur-Yon, nos dias 8 e 9 de fevereiro, no Grand R, Scène nationale Roche-sur-Yon

 

Donativos LusoJornal
X