Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Lançamento do Livro de Celina Busto: “Na Senda dos Soldados da Freguesia de Palaçoulo 1914-1918

Donativos LusoJornal

 

Na Biblioteca Municipal António Maria Mourinho, em Miranda do Douro, teve lugar na sexta-feira 27 de agosto, a apresentação do livro “Na Senda dos Soldados da Freguesia de Palaçoulo Miranda do Douro 1914-1918” da autoria de Celina Maria Busto Fernandes.

Numa crónica, o professor António Honrado (1) diz-nos: «é uma festa, uma homenagem à cultura quando nasce em especial um livro, um livro como este porque se faz do que a cultura emerge e permite de emergir da presença humana porque resgata a memória e a oferece à história com grande altruísmo. Falamos do livro da autoria de Celina Maria Busto Fernandes: Na senda dos soldados da freguesia de Palaçoulo-Miranda do Douro 1914-1918».

Estiveram presentes, entidades, família da autora, amigos e descendentes de soldados.

Maria Adelaide Paredes das Silva, Presidente da direção da Almada Mundo Associação Internacional de Educação, Formação e Inovação apresentou a obra, no contexto inspirador dos Sinais da Memória, 100 anos depois.

Com efeito, o referido livro resulta da investigação realizada pela autora, com o objetivo de reconhecer e valorizar a memória dos 15 soldados portugueses de Miranda do Douro, Freguesia de Palaçoulo e anexas dos lugares de Prado Gatão, de Águas Vivas que participaram na I Grande Guerra, em França, na região da Flandres, 1917-1918, integrados no Corpo Expedicionário Português, nos Regimentos de Infantaria 10 e 30.

A obra apresentada é a resultante das atividades de celebração do Ano Europeu do Património Cultural 2018, um projeto da responsabilidade da Almada Mundo Associação Internacional de Educação, Formação, realizado, em parceria com a “Société historique de Villeneuve d’Ascq” no âmbito da investigação sobre a participação dos soldados portugueses na I Guerra mundial.

O desenvolvimento desta “parceria de excelência” permitiu a representação de Portugal nas Comemorações do Centenário do Armistício de 11 de novembro de 1918, em Villeneuve d’Ascq, a convite do Maire de Villeneuve d’Ascq.

Almada Mundo Associação teve o mérito de estar presente nas Comemorações do Centenário do Armistício de 11 de novembro de 1918, com a participação de Maria Adelaide Paredes da Silva, Presidente da direção da Almada Mundo Associação e da autora do livro, Celina Busto Fernandes.

Na Senda dos Soldados da Freguesia de Palaçoulo-Miranda do Douro 1914-1918 da autoria de Celina Maria Busto Fernandes, propõe-se “homenagear e preservar a memória dos combatentes portugueses que participaram na I Guerra mundial, 1914/1918”.

“Ousamos conhecer e dar a conhecer intencionalmente a História de um tempo feito das histórias de vida dos soldados naturais de Miranda do Douro. Deste modo, pretendemos reconhecer e valorizar o património comum de um povo, através de vidas significativas, testemunhos, aventuras, experiências de patriotismo universal e intemporal. Herança dos homens, infinitamente humanizada e partilhada com gerações futuras, netos, bisnetos e trisnetos, no sentido de alertar que é urgente não esquecer o pulsar das trincheiras, não esquecer a força redentora da Paz” diz Adelaide Paredes. “Constitui uma lição de vida, um exemplo consagrado à defesa e promoção da paz, na salvaguarda dos valores da família, das relações humanas, do bem comum, por força da vontade e do coração, valorizando a memória 100 anos depois…

 

António Marrucho com Adelaide Paredes

 

(1) https://www.youtube.com/watch?v=EasTf5_tt-g

Cultura
X