Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
FB6u0cvSmnU
Donativos LusoJornal

 

Laurent Goater é francês, da Bretagne, e mora em Portugal há quase 30 anos. A lista que conduziu, com Françoise Conestabile, acaba de ganhar as eleições consulares francesas em Portugal com 36,05% dos votos.

As eleições consulares tiveram lugar no dia 30 de maio e elegeram os 442 Conselheiros dos Franceses no Estrangeiro, quatro deles foram eleitos em Portugal: Laurent Goater, Françoise Conestabile, Hervé Cardon e Julien Letartre.

Nesta entrevista ao LusoJornal, Laurent Goater explicou as funções dos Conselheiros dos Franceses no Estrangeiro e os principais assuntos que esta estrutura aborda em Portugal.

O próximo desafio deste órgão vai ser a eleição dos 12 Senadores que representam os Franceses do estrangeiro no Senado francês.

Cinco listas concorreram a esta eleição em Portugal. A lista conduzida por Laurent Goater obteve 36,05% e elegeu dois Conselheiros. A maior surpresa foi o último lugar da lista conduzida por Mehdi Benlahcen, que ganhou a eleição de 2014. As quatro outras listas ficaram praticamente empatadas. A lista conduzida por Laurent Cardon elegeu um Conselheiro, com 14,4%. As listas da ASFE e da REM obtiveram, as duas, exatamente o mesmo número de votos e segundo o regulamente, é eleito o candidato mais novo! Foi eleito Julien Letartre.

Mesmo se a lista vencedora se diz apartidária, Laurent Goater é o representante do partido Les Républicans em Portugal, e Hérvé Cardon, outro dos Conselheiros eleitos, é representante do Rassemblement National.

Laurent Goater diz que foi sobretudo um voto de protesto para com as políticas de Emmanuel Macron em direção dos Franceses residentes no estrangeiro.

Mas esta eleição teve uma outra particularidade: os eleitores tiveram a possibilidade de votar via internet. Esta opção fez com que o número de eleitores que votou passou de 14% em 2014 para 24% em 2021. E Laurent Goater destacou o facto de 22% dos eleitores terem votado via internet. Por isso, o Conselheiro dos Franceses no Estrangeiro elogia esta metodologia de voto.

No dia 1 de janeiro de 2021, a França tinha registados 1,68 milhões de eleitores franceses no estrangeiro.

 

Comunidade

 

X