Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Presidente da associação Cívica e Maire-Adjoint em Aulnay-sous-Bois (93), Paulo Marques, queria ser candidato às eleições parciais legislativas francesas, pelo 5° círculo eleitoral dos Franceses residentes no estrangeiro, mas renunciou porque não teve o apoio do Partido Les Républicains. Nem lhe responderam!

Esta eleição parcial vai ter lugar nos dias 8 e 22 de abril, depois de ter sido anulada a eleição da «Macronista» Samantha Cazebonne‎. Este círculo eleitoral integra Portugal, Espanha, Andorra e Mónaco.

«Alguns de entre vós disseram-me que eu podia ter sido um bom candidato, pelas minhas acções em Portugal, pelas minhas relações com a Espanha e Andorra, pelos meus fiéis correspondentes no Mónaco e finalmente pelas minhas origens ibéricas» explica Paulo Marques numa mensagem deixada nas redes sociais.

Militante LR, Paulo Marques apresentou candidatura junto do Partido. Afirma que preparou documentação, mandatário financeiro, contas de campanha, só que, o Partido no qual milita… nem respondeu! «Infelizmente não tive qualquer resposta à formalização da minha candidatura, enviada por correio registado» explica Paulo Marques.

A data limite de entrega de candidaturas terminou na sexta-feira, dia 15 de março, às 18h00, e finalmente o também membro do Conselho das Comunidades Portuguesas preferiu não apresentar candidatura «apesar da forte insistência de muitos». Decidiu então «não partir em dissidência».

«Não serei aquele que divide» explica Paulo Marques. «Mesmo se penso que, no mínimo merecia uma resposta da Comissão Política do LR».

Visivelmente desiludido, Paulo Marques diz que «no momento em que a minha família política fala de união, esta união só pode ser feita com responsabilidade e pela equipa dirigente». Mas confessa que «pela minha parte, continuo fiel às minhas convicções e espero conhecer oficialmente a candidata ou o candidato, penso que tarde demais».

Nota-se alguma amargura quando Paulo Marques termina a nota explicativa desejando «boa sorte ao 5° círculo eleitoral que necessita de ser representado como um todo, com as suas diferenças bem reais».

 

 

 

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 84 Votos
5.2
X